Buscar
  • Alexandre Madruga

PSICOnews - A Hipnose (Parte 1)


A glamourização da hipnose parece de fato se afinar com a evolução das mídias tecnológicas, promovendo verdadeiros realitys e shows de pirotecnia, cada vez mais sofisticados. Vestidos com "superpoderes", eis que surge a figura do hipnólogo pronto para desafiar os limites da lógica e da razão, atraindo para si a atenção e a perplexidade do público espectador.

Afinal, para muitos, deve ser realmente interessante ver uma pessoa mastigar uma cebola como se fosse uma goma de chiclete ou então ter as mãos grudadas sem conseguir soltá-las no final.

Particularmente, não vejo nenhuma graça nesse tipo de espetáculo. Apesar da hipnose sempre ter feito parte da história, desde as primeiras civilizações, alguns ajustes parecem ter se perdido no tempo e deixado de lado o objetivo principal de ajudar as pessoas em sofrimento psíquico ou em situações de dor física.

Shows de ilusionistas, filmes de Hollywood, paranormais e o famoso rapaz com superpoderes que gostava de entortar o faqueiro das pessoas através da televisão. Impossível resistir a tudo isso sem se impressionar e acabar construindo uma idéias bastante limitada sobre o que de fato significa a hipnose e como podemos utiliza-la de modo a ajudar a vida de alguém.

Para ter uma vaga ideia, ainda hoje não é de se estranhar o surgimento de algumas cenas de novelas com altíssima audiência apresentando uma espécie de hipnose quase que mística, como se nela fôssemos capazes de resolver e descobrir a fonte de todos os males da nossa alma.

De fato, é uma pena que isso não seja verdade. A realidade costuma realmente ter muito menos graça e ser pouco interessante.

Para início de conversa, é importante termos claro que o uso da hipnose na atualidade consiste numa prática regulamentada por vários órgãos e conselhos, em diversas áreas profissionais e que, como em inúmeras outras práticas terapêuticas, possui uma indicação para a sua utilização.

A essa altura, creio que o caro leitor já esteja se perguntando qual o objetivo da coluna de hoje. Quer saber portanto o que de fato é uma hipnose, como ela funciona, quem pode utilizá-la e quais as principais indicações para o seu uso?

Então fiquem atentos, pois a partir da próxima semana responderemos a todas a estas perguntas e abordaremos todas as suas dúvidas sobre o tema.

Sintam-se a vontade para enviar suas questões no contato@fredexplica.com.br e aguardem em breve a resposta. Por hora deixo meu carinhoso abraço e me despeço em sintonia com o nosso curioso assunto em 3....2....1.... 😪

Até breve!

#Psicologia

0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil