• Alexandre Madruga

Com poucas viaturas circulando, roubos em Sulacap crescem 90% no primeiro trimestre


Enquanto o policiamento no bairro é pouco visto, a marginalidade faz a festa. Se antes a falta de viaturas circulando pelo Jardim Sulacap era justificada pelo baixo número de ocorrências, agora os índices mostram um crescimento de quase 100%. O Instituto de Segurança Pública (ISP) liberou os registros de ocorrências feitos na 33ª DP (Sulacap) no primeiro trimestre desse ano. Em comparação com o mesmo período de 2017, os números aumentaram exponencialmente.

Furtos e roubo de veículos cresceram 50% e 60%, respectivamente. Mas o número mais impressionante foi o de roubos, que incluem as ações contra transeuntes (pessoas), coletivos (dentro de ônibus) e de celulares. Segundo os dados do ISP, o número de ocorrências de roubo cresceu 90%. Olhando os dados desde 2014, constatou-se que as ocorrências de roubo vêm crescendo ano a ano. Os números de 2018 são os piores dos últimos quatro anos.

Após a reunião do Conselho Comunitário de Segurança na última quinta-feira (26), um encontro está sendo agendado para a próxima semana com o comando do 14º BPM (Bangu) pela Associação de Moradores de Sulacap (AMISUL).

HORÁRIOS DAS OCORRÊNCIAS De acordo com os dados dos registros de ocorrências desse primeiro trimestre de 2018, a maioria das ações delituosas acontecem entre 18h e 6h da manhã. E esses números também vêm aumentando. Segundo os números, em março houve o dobro da ação dos bandidos dentro desse horário, com relação a fevereiro. Outro horário que os bandidos tem mostrando assiduidade é de 12h às 18h. Entre fevereiro e março o aumento passou dos 100%.

OCORRÊNCIAS POR MÊS Mesmo com aumento dos índices criminais no bairro, o policiamento segue escasso em Jardim Sulacap. Uma justificativa pode ser o número total de ocorrências registradas na delegacia e que influenciam na “mancha criminal”.

Ainda segundo os dados do ISP, o bairro tem média de quase duas ocorrências por dia. Em comparação com outros locais de abrangência do 14º BPM e 33ª DP, o bairro fica muito abaixo da média, tornando Jardim Sulacap o de menor índice de ocorrências na região.

Em breve, publicaremos outra matéria com todos os registros de ocorrência da 33ª DP, separados por Campo dos Afonsos, Magalhães Bastos, Realengo, Padre Miguel, Deodoro e Vila Militar.

#RegistrosdeOcorrência #14ºBPM #33ªDP

61 visualizações
Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil