Buscar
  • Juliana Manes - Veterinária

PETSnews | Cinomose


A cinomose é uma das doenças mais contagiosas entre os cães e tem um alto índice de mortalidade. É causada por um vírus que acomete o sistema nervoso central, sistema respiratório e gastrointestinal. O índice de mortalidade do vírus da cinomose chega próximo a 90%. A doença acomete animais de todas as idades e não tem predileção por raça ou sexo.

O vírus é expelido pelo animal doente através de secreções corporais como urina, fezes, fluidos respiratórios e placenta. A principal via de contágio é a aerógena (quando um animal saudável inala o vírus que foi expelido por um animal infectado).

O período de incubação da doença é em torno de 7 a 14 dias após o contato inicial. Os principais sintomas da Cinomose canina são: • Febre; • Diarreia e vômito (que podem cessar sem nenhum medicamento); • Secreção nasal e ocular purulentas; • Tosse ou dificuldade respiratória; • Prostração; • Sinais neurológicos (tremores, andar cambaleante, “traseira arriada”, paralisia e mioclonia – os terríveis “tiques”)

Uma combinação de um ou mais sintomas associados ao fato de o animal não estar corretamente vacinado faz com que nós veterinários suspeitemos da doença. Os animais suspeitos ou já diagnosticados devem ser isolados e aqueles que conseguem se recuperar podem ficar eliminando uma carga viral por até 90 dias. Caso o cão venha a óbito, o corpo não deve ser descartado no ambiente, devendo ser encaminhado à cremação a fim de evitar a contaminação do solo e do lençol d’agua – o que fatalmente contaminará outros cães.

A ÚNICA FORMA DE PREVENIR A CINOMOSE É ATRAVÉS DA VACINAÇÃO!!!

A vacinação no filhote consiste em 3 DOSES e deve ser iniciada a partir dos 45 dias, o intervalo entre as doses é de 21 a 30 dias, e o reforço dos adultos deve ser feito anualmente em uma única dose. Toda e qualquer vacinação deve ser efetuada por um médico veterinário, e deve ser devidamente atestada (carimbada e assinada) em carteira de vacinação, o que serve como garantia de procedência e conservação da vacina que foi aplicada.

Lembre-se, quando se trata de Cinomose a palavra-chave é PREVENÇÃO!!!

Juliana Manes é Médica Veterinária formada pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2006), Pós-graduada em clínica médica e cirúrgica de pequenos animais (2007), Curso de atualização em medicina felina (2015), Proprietária da Veterinaria Sulacap desde 03/05/2010. Contatos: 3357-9933/ 3253-1449 / 96439-8215 (WhatsApp) Facebook: Juliana Manes Página Facebook: Veterinária Sulacap Site: www.veterinária-em-domicilio.com

#Pets #Cinomose

0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil