© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

  • Alexandre Madruga

Prefeitura anuncia novas medidas para conter Covid-19

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta terça-feira (17/3) novas medidas para conter o contágio do coronavírus, entre elas o fechamento de parques municipais e, nos finais de semana, a suspensão das áreas de lazer em toda a cidade, como na orla marítima. Outra medida é que os ônibus, incluindo os do sistema BRT, estão proibidos de transportar passageiros em pé. As empresas que não cumprirem a determinação serão multadas. Crivella também informou que está em entendimentos com a Secretaria Nacional de Defesa Civil para ampliar a decretação de emergência em toda o município, o que agilizará a adoção de medidas de combate ao Covid-19. - Quando estou em estado de emergência, posso contratar temporariamente sem concurso público, posso comprar de maneira emergencial sem licitação. Há uma série de ações que são facilitadas para conter aquela emergência - afirmou o prefeito. Crivella explicou que já enviara o pedido de decretação de emergência para liberar recursos do FGTS às vítimas das enchentes do início de março. Contou que a própria Defesa Civil federal sugeriu que ampliasse esse pedido por conta do coronavírus, o que já foi feito. Ele agora aguarda a resposta do governo federal. O prefeito explicou ainda que o hospital de campanha planejado para ser erguido no Riocentro receberá pacientes da rede municipal que necessitem de cirurgias eletivas, liberando os leitos das demais unidades de saúde para infectados com o coronavírus. Isso, no entanto, só ocorrerá se o índice de ocupação dos leitos destinados a pessoas em estado grave atingir 70%. Crivella se disse satisfeito com o resultado da reunião com a Firjan e a Fecomércio, uma vez que essas entidades concordaram com os horários escalonados de chegada ao trabalho. Isso ajudará a evitar a superlotação no serviço de transportes. Afirmou que em algumas regiões da cidade o movimento no trânsito já registrou queda de 60%, o que evidencia que a população está colaborando. Ainda assim, guardas municipais vão abordar as pessoas que insistam em ir às praias, pedindo que elas evitem aglomerações. - É apenas uma orientação. É um processo educativo. É como estamos fazendo em nossa campanha publicitária que vocês receberão pela TV e rádio. Ela diz: por favor, evite sair de casa. Externo aqui minha alegria, porque o trânsito da cidade diminuiu muito, a presença nos shoppings caiu bastante, isso é fundamental. É o momento de a ogente conversar com as pessoas. Se, por acaso, esses números que citei, essa curva (de casos de Covid-19) se acentuarem, aí sim serão tomada medidas restritivas e impeditivas. Não é o caso de agora. Então, pedimos que as pessoas evitem praias, parques e deixem as ruas abertas - afirmou Crivella. A Prefeitura também distribuirá kits higiênicos à população em situação de rua e oferecerá locais com chuveiros e pias, em parceria, entre outros, com a Igreja Católica As medidas anunciadas As ruas destinadas às áreas de lazer passam a funcionar normalmente. Não vão mais fechar em fins de semana e feriados, como acontece no Aterro e na Avenida Atlântica, por exemplo. Fechamento dos parques municipais de Mendanha, Grumari/Prainha, Chico Mendes, Parque do Marapendi, Bosque da Barra, Bosque da Freguesia, Chacrinha, Parque Darke de Mattos, Catacumba e Dois Irmãos Proibição de passageiros em pé em ônibus e BRTs Pedido à Guarda Municipal para que oriente as pessoas que não frequentem as praias nem façam aglomerações nesses locais Fechamento de 24 vilas olímpicas e das casas de convivência Orientação para que recursos contra multas sejam feitos pelo serviço online Protocolos para projetos e licenças com relação à aprovação dos setores de Meio Ambiente e do Urbanismo também deverão ser feitos online IplanRio vai criar grupo de Whatsapp no qual a secretária de Saúde estará em contato com médicos, enfermeiros e técnicos, trocando informações e atualizando sobre medidas a serem tomadas em relação ao coronavírus Pedido a bares e restaurantes para restringir a lotação em 50%, com mesas afastadas Pedido para que clubes esportivos, colônias de férias e academias fiquem fechados O Centro de Operações Rio (COR) vai emitir avisos por meio das sirenes nas comunidades com orientações Campanha de comunicação nas rádios, TVs e mídias digitais com o mote "Por favor, evite sair de casa"