top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Passado, presente e futuro sob o olhar da juventude da Zona Oeste do Rio

Desenvolvido pelo coletivo teatral “Fale sobre mim”, filme “Meu Corre” aborda o Bicentenário da Independência do Brasil

Esse é o ponto de partida do filme “Meu Corre”, com direção de Luiza Rangel, produção de Dani Carvalho e orientação dramatúrgica de Laís Lage. O curta-metragem é realizado pelo coletivo teatral “Fale sobre mim”, que reúne em cena cinco jovens atores da Zona Oeste carioca que pesquisam o uso das narrativas de si como construção imagética e textual. Com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, através do Edital Retomada Cultural RJ2, o projeto entrou em fase de preparação e as filmagens começam em dezembro. O lançamento será no início de 2023.

"Pensamos na potência que seria criar um curta-metragem que revira um pouco as narrativas oficiais. Afinal, de quem é o ponto de vista exposto nos livros? Nos inspiramos em histórias que acabam ficando invisibilizadas. Os pequenos grandes movimentos de resistência e luta contra o domínio colonial são a base desta criação", explica a diretora Luiza Rangel.

O filme investiga as diversas camadas da palavra “Independência” através do olhar da juventude. A primeira parte do processo de criação será acompanhada pela professora e historiadora Cecília Matos, que conduzirá a pesquisa sob uma perspectiva decolonial. A partir dessas provocações e estudos, o elenco, formado por Maria Santos, de 15 anos, Wilson Ruan Primo, de 16 anos, Laura Coelho, de 16 anos, Analya Britney, de 16 anos, e Lucas dos Santos, de 16 anos, criará composições cênicas autorais.

"Olhando para a história do nosso Brasil, começamos a nos perguntar: com que independência sonhamos? Como a juventude enxerga a luta pela liberdade e pela equidade de oportunidades? A composição das cenas nasce a partir do desejo de cada um, em projetar futuros possíveis", afirma Rangel.

O grupo, fundado em 2018, já produziu espetáculos teatrais e tem como base fomentar a pesquisa, criação e produção artística de forma democrática e descentralizada. Para eles, é importante desenvolver uma autoralidade plural, diversa e conectada com o território. O lançamento do curta será feito em escolas, espaços de diálogo e inspiração, passando a ser disponibilizado gratuitamente nas plataformas Vimeo e Youtube. O vídeo contará com inclusão de LIBRAS e audiodescrição.

"Vamos apresentar um ponto de vista que reflete a nossa comunidade e traz questões coletivas. Queremos pensar nosso lugar na cidade e no mundo, revisitar e escrever a nossa história de independência", completa Wilson Ruan Primo, um dos atores que compõe o “Meu Corre”.
 

Torne-se um doar por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Kommentare


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page