• Alexandre Madruga

Pó-de-mico impede uso de calçada e vizinhos sofrem crises alérgicas em Sulacap

Terreno está em péssimo estado de conservação e mato toma conta

Passar na calçada da Rua Fernandes Sampaio em Jardim Sulacap, pode significar ficar com coceira por um bom tempo. Um imóvel sem a devida conservação teve o crescimento de uma planta chamada mucuma, que são arbustos conhecidos como olho-de-boi, mucunã, mas são mais conhecidas por pó-de-mico. Um grande quantidade desse pó está num terreno entre os números 522 e 562, e na calçada o perigo é constante. Para piorar, o vento está levando o pó para dentro da casa de vizinhos.

"Estou com medo da minha filha passar mal. Porque essa planta pode causar sérios riscos para saúde. O dono do terreno não vem aqui. Não limpa. Não capina. Acho que está parada a obra. Já acionei o 1746 e nada fizeram. Eles falaram que só podem notificar, não tenho como suportar esse pó-de-mico em minha casa. Estou com tudo fechado. Está insuportável. Da para ver um aqui, mas tá tudo lotado e cheio de sementes. Tem a vizinha aqui próximo a minha casa, que não passa mais na calçada, porque a filha dela passou mal", disse a contadora Fernanda Silva, de 47 anos.

A Comlurb informou que "não cabe ela atuar, pois trata-se de um imóvel particular e a Companhia é responsável pelo manejo de árvores em áreas públicas". E se estiver "ocasionando problemas de saúde" deve-se verificar junto a secretaria da área. 


Então, acionamos a Secretaria Municipal de Saúde que informou que "a Saúde Ambiental faz vigilância em saúde de contaminantes do solo e do ar, vigilância e controle de vetores e algumas ações relacionadas aos desastres naturais. E que no caso do problema ser num local particular, que em caso de não ocorrer "uma conversa resolutiva, a justiça deve ser acionada de forma particular".


O espaço está franquiado para que o dono do terreno possa se manifestar e informar quando poderá resolver o problema no local.

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil