top of page
  • Foto do escritorFernando Pacheco

No estilo jogo-treino, Flamengo vence o ABC e se classifica para as quartas da Copa do Brasil

Rubro negro já sabe quem enfrentará na próxima fase

Devido ao placar elástico na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, vencendo por 6 a 0 o ABC, de Natal. O Flamengo optou por jogar com um time alternativo, sendo uma pequena mistura de reservas com jogadores oriundos do SUB-20. Com Mauricio de Souza na beira de campo, o Fla venceu por 1 a 0, na Arena das Dunas, com gol de João Gomes, após bola jogada de Pedro e Vitinho. O agregado da partida foi 7 a 0, deixando ainda mais tranquila a passagem da equipe carioca às quartas de final da Copa do Brasil.


Partida que foi marcada por mais erros de arbitragem e do VAR, no qual o mesmo sequer funcionou, tendo um pane durante a partida, impossibilitando revisões de lances importantes. Michael marcou um gol logo no início do segundo tempo. O bandeira da equipe (da Federação Catarinense de Futebol) Éder Alexandre marcou impedimento. Lance duvidoso e prevaleceu a marcação de campo, afinal, o equipamento da arbitragem de vídeo não funcionou!


O Flamengo, agora, volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso será neste domingo, às 18h15, no Maracanã e pela 15ª rodada.

O jogo:


O Rubro-Negro fez um bom 1º tempo, finalizando 6 vezes de maneira correta na meta rival. O goleiro Welligton, com boas defesas, impediu que a rede balançasse. Inclusive, o goleiro foi o grande destaque do primeiro tempo, ele fechou a baliza e fez importantes defesas ao longo da etapa inicial, principalmente nos arremates de Vitinho, incluindo uma belíssima cobrança de falta, que por pouco não terminou o longo jejum do clube, que completou três anos recentemente. No lance em que não tocou na bola, Pedro tentou encobri-lo, frente a frente, após saída errada dos defensores, mas que não entrou.

O segundo tempo já foi um pouco mais parado, o ABC parecia satisfeito com o placar, inclusive, em toda sua história nunca venceu a equipe carioca, somente empatou por 0 a 0 em uma partida de 1974, talvez seja por isso o motivo da acomodação. E o Flamengo também pouco tentou, se mostrou confortável com o placar adquirido no primeiro jogo, conforme o ritmo ia caindo, o técnico Maurício Souza aproveitou para mexer bastante na equipe carioca, colocando vários garotos em campo.

Quando parecia que o placar ficaria no 0 a 0, Pedro fez boa inversão, Vitinho deu ótima assistência de cabeça e João Gomes fuzilou para dar a vitória aos rubro-negros.



O antagonista da partida: O VAR.

Ainda no primeiro tempo, o árbitro de vídeo, Rodrigo Dalonso Ferreira, não viu um puxão em Léo Pereira em lance de bola parada, batida por Vitinho. O aparente pênalti não foi assinalado e resultou em muita reclamação do lado rubro-negro. No segundo tempo, quando o Fla acelerou nos minutos iniciais para abrir o placar, Michael recebeu uma escorada açucarada de Pedro, de primeira, e completou para a rede. Mas houve marcação de impedimento, ajustado, após consulta ao VAR. No entanto, por problema operacional (calibragem de câmera) da tecnologia, as linhas não foram traçadas, e, assim, prevaleceu a decisão de campo.

Algo absurdo a se pensar nos dias de hoje, já que o VAR está ali justamente para auxiliar os árbitros em campo e encerrar com os erros grotescos, que já é de certo costume da arbitragem brasileira. Algo que coloca, inclusive, em cheque a credibilidade do campeonato, gerando questionamentos e discórdia entre federação e clube que foi afetado com erro.

Mauricio Souza em entrevista:


Questionado sobre não haver substitutos para Arrascaeta e Everton Ribeiro:

“Eu creio que a equipe está cheia de bons jogadores. Tenho certeza de que o Renato está avaliando, junto com o Marcos Braz e o Bruno Spindel. Se precisar, eles vão atender ao Renato Gaúcho. Temos um grupo muito forte. A prova disso são os resultados” disse Maurício Souza.

Sobre o VAR: “A gente sabe que teve um lance de possível pênalti no Léo (Pereira) e o gol anulado do Michael. Mas foi um jogo difícil, e a equipe adversária veio para vender duro a derrota. Fez um jogo pesado. O Ramon (árbitro) conseguiu controlar o jogo, na medida do possível. Talvez o lance do pênalti e do gol do Michael… Mas analiso como uma boa atuação do Ramon”


Adversário das quartas de final da Copa do Brasil:


Em sorteio realizado hoje, na sede da CBF, o Flamengo conhece o seu adversário da próxima fase. Um velho conhecido tanto para o Flamengo quanto para Renato Gaúcho, o Rubro-negro enfrentará o Grêmio, sendo o primeiro jogo em Porto Alegre e o segundo, o Mengão decide em casa, no Maracanã.




Imagens: Alexandre Vidal/CRF

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page