• Alexandre Madruga

Jardim Sulacap recebe projeto "Polícia de Proximidade" com funcionamento 24h

Projeto-piloto criado em 2015, retornou em três bairro da zona oeste

Moradores de Jardim Sulacap, Jacarepaguá e Barra foram surpreendidos na manhã dessa quarta-feira (18) com um novo policiamento chamado Polícia de Proximidade. O projeto começou nos três bairros da zona oeste, com objetivo de atuar preventivamente em áreas específicas de policiamento. Segundo a Polícia Militar, oficialmente o projeto se chama Bairro Seguro, com policiamento realizado por voluntários do Regime Adicional de Serviço (RAS) e os policiais estão capacitados e treinados para gerenciar problemas eventuais.


A presidente da Associação de Moradores de Sulacap, Renata Almeida, comemorou o projeto e informou como funcionará.

Fomos contemplados para ser o piloto do projeto Polícia de proximidade do 14º BPM. Temos muito o que comemorar e lutar para que o projeto permaneça aqui. O trabalho é 24h no bairro com 3 viaturas circulando no bairro: uma viatura 24h e duas até as 22h

Um telefone celular, sem whatsapp, está disponível numa das viaturas dentro do bairro e serve apenas para ocorrência na abrangência do projeto dentro do Jardim Sulacap. O número é 98462-7831.

Projeto-piloto começou em 2015

Em fevereiro de 2015, a primeira Companhia Integrada de Polícia de Proximidade (CIPP) foi inaugurada na Praça Verdun, no Grajaú, e visava atender a população do bairro e do entorno, como Andaraí, Vila Isabel e parte da Tijuca, com policiais portando celulares para contato direto com moradores e comerciantes da região.

Em termos operacionais, o projeto se baseia em três eixos principais: a divisão territorial com responsabilização operacional, o policiamento de proximidade e o policiamento orientado ao problema.


A filosofia da polícia de proximidade, descrita na Instrução Normativa (IN) 22/2015 da PMERJ, se estrutura nos princípios de prevenção, descentralização, proatividade e resolução pacífica de conflitos, que se desdobram em ações de aproximação, presença, permanência, envolvimento, e comprometimento.

"Esses elementos revelam a intenção de criar sinergia entre a sociedade local e os policiais, o que traria duas consequências positivas: o aumento da legitimidade institucional e a facilidade de encaminhamento de informações importantes por parte da população", segundo avaliação do impacto da CIPP, que foi Inspirada das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).
Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil