top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

A hora e a vez da pequena empresa

Por Gilberto L Ferreira


Uma empresa é um conjunto de pessoas e recursos que geram uma receita vendendo seus produtos e serviços, por meio do trabalho, para determinado mercado.

A sobrevivência de qualquer empresa exige que as receitas sejam sempre maiores que as despesas (Receita > Despesa), assegurando sua sustentabilidade econômica.

O IBGE divulgou em setembro de 2015 que 50% das empresas fecharam após 4 anos de atividade.

Como a tecnologia pode ajuda-lo a tornar-se um empresário de sucesso?

Antes precisamos entender que assim como as casas possuem colunas que as fortificam também as empresas se sustentam sobre pilares que neste caso são quatro obrigatórias: A administração financeira, os clientes, os processos internos e os funcionários.

E para cada um destes pilares existem seus objetivos.

Além destes pilares primários também devemos acrescentar outros como: suprimentos, produtos, tributos e controles necessários.

De todos estes pilares o que mais deve ocupar o empresário são os controles.

Hoje existe tecnologia que oferece a possibilidade de a qualquer momento, e em qual quer lugar o empresário através de seu computador, tablete ou celular, verificar como está a lucratividade, o faturamento,se existe produto suficiente no estoque, o contas a pagar, o fluxo de caixa,ou seja, uma infinidade de informações que chamaremos de indicadores.

Estes indicadores são os termômetros da empresa que a partir deles passa a acompanhar a tendência ea evolução, mês a mês do negócio, comparando, por exemplo, o faturamento do período com as metas estabelecidas. Permitindo ações corretivas, e/ou evidenciando novas oportunidades para geração de mais receita.

As pequenas empresas durante muito tempo não tinham acesso a sistemas que possibilitassem maior controle de seus processos. Os fornecedores de sistemas não olhavam para este segmento. Consequentemente os sistemas disponíveis no mercado apresentavam preços proibitivos para o pequeno empresário.

Com a obrigatoriedade do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) para pequenas empresas,previsto para 2017, onde a emissão de notas fiscais, os informes contábeise fiscaisserão obrigatoriamente eletrônicostambém para as pequenas, estão surgindo os primeiros sistemas de gestão desenvolvidos para as pequenas empresas, contemplando além do SPED , as funcionalidades que permitirão ao pequeno empresário literalmente ter o controle de sua empresa na palma da mão.

Gilberto L Ferreira é Administrador,Especialista e Governança de TI e Gerente de Projetos. (Gilbertoglopes64@gmail.com)

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page