• Alexandre Madruga

Professora de escola pública na zona oeste é a vencedora do Prêmio Faz Diferença


A professora Sara de Carvalho Castro, diretora da Escola Burle Marx, da Secretaria Municipal de Educação do Rio, recebeu neste sábado (12), um grande reconhecimento pelo trabalho na rede de escolas da Prefeitura do Rio: a premiação na categoria Educação do Prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo. Sara se tornou professora do município do Rio quando tinha apenas 19 anos. Hoje, aos 70, ela é diretora de umas das escolas que mais se destaca na rede pública da cidade, a Burle Marx. Localizada em Jacarepaguá, na Zona Oeste, a unidade de 603 estudantes recebe crianças do 1º ao 9º ano da região e também de comunidades próximas. A Escola Municipal Burle Marx é famosa por sempre figurar no ranking das dez melhores escolas, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB. A unidade gerida por Sara já superou instituições renomadas, como o Colégio Militar, e já teve procura por matrículas tão altas que superaram a relação candidato/vaga de um dos cursos mais concorridos do Brasil, o de Medicina na UFRJ.

Sara começou, aos 19 anos, como professora na Escola Municipal Fernando Barata Ribeiro, em Santíssimo. Saía de casa de madrugada, pegava ônibus e trem para poder dar aula. Ficou dois anos ali e depois outros 12 em sala de aula. Então assumiu a direção da Escola Municipal Professor Sousa da Silveira, em Quintino. Quando a Burle Marx foi inaugurada, em 2004, ficou à frente da escola desde sempre. Em 2011, o colégio teve a maior nota no Ideb entre as públicas do Rio – quarta posição nacional. "É com muita satisfação que recebemos a notícia da premiação da professora Sara, um exemplo profissional para todas nós, com mais de 50 anos dedicados ao magistério. Temos a maior rede municipal de ensino da América Latina, com 650 mil alunos e 1.540 escolas. Quem faz parte deste sistema, tem noção da responsabilidade que é cuidar bem de nossos alunos. Um desafio gigantesco. E a professora Sara demonstrou que é possível trabalhar com afinco e se destacar pela qualidade", comentou a secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane.

A professora Sara também reconhece o empenho da SME em transformar a Rede Municipal de Ensino em um espaço de excelência para os alunos."A secretaria nos escuta e faz tudo o que está a seu alcance para que a Rede Municipal de Ensino trabalhe de forma eficiente e dinâmica, apesar de tantas dificuldades financeiras em nossa cidade. Gratificante este prêmio para mim e um reconhecimento que há grandes trabalhos sendo feitos nas escolas da Prefeitura do Rio!, afirma a professora/diretora premiada Sara de Carvalho.

Na visão de Sara de Carvalho, quando a criança percebe que a escola realmente acompanha o que ela come, a nota que tira, se ela falta às aulas, o aluno entende que é importante.

O Prêmio Faz Diferença está em sua 17ª edição. Jornalistas de cada uma das editorias do periódico carioca selecionam três nomes que se destacaram por suas atuações no ano de 2019. Nas 16 categorias participantes, chega-se ao nome do vencedor através dos votos dos jornalistas do O GLOBO, de dirigentes da Firjan, dos ganhadores da edição anterior e do público.


31 visualizações
Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil