Buscar
  • Alexandre Madruga

FISIOnews | O que é o cisto de Baker ou cisto poplíteo?


O cisto de Baker, é um caroço em forma de uma bola, que aparece atrás do joelho, na região da fossa poplítea, localizado mais precisamente entre o músculo gastrocnêmio e o tendão do músculo semitendinoso. Na verdade, a existência de uma bursa (bolsa com líquido lubrificante) nessa região, permite que aconteça isso, devido a conexão com a articulação e o aumento de líquido sinovial. A dor normalmente aparece no momento de extensão de joelho, durante uma caminhada ou uma atividade que requer mais o uso da articulação. É comum a rigidez e uma pressão atrás do joelho. O cisto poderá desaparecer espontaneamente. Apesar de ser visível, as vezes é necessário realizar uma Ressonância Magnética ou com menos frequência uma ultrassonografia, pois sendo secundário a outra doença, é importante descobrir a sua causa. Caso o cisto de Baker se rompa, a dor poderá se irradiar para panturrilha, e esta por sua vez ficar bastante inchada, se confundindo com a trombose venosa profunda. Mas quais são as causas do cisto de Baker no joelho? - Hipermobilidade articular; - Artrites; - Osteoartrose; - Lesão no menisco; - Trauma direto no joelho; - Lesão ligamentar. Durante a avaliação, nota-se um caroço atrás do joelho, com contornos regulares, palpável e móvel. Na palpação o paciente poderá relatar uma dor bem localizada. É mais visível com o paciente em pé, com os joelhos estendidos, pois fica muito mais proeminente. Caso seja realizado o exame de decúbito ventral (deitado de barriga para baixo), é possível que ao dobrar o joelho, o cisto diminua ou desapareça. Em alguns casos, em que o cisto é muito grande, o médico poderá optar por punção (drenagem) do líquido que está estagnado, e infiltração com corticóide. Raramente é realizada a sinovectomia (abertura cirúrgica da sinóvia). Apareceu um caroço atrás do joelho, o que fazer? A primeira atitude, é procurar um profissional que possa dar o diagnóstico, e pesquise mais a fundo a causa primária (ex: artrose, lesão do menisco ou ligamentar) do cisto de Baker, assim o tratamento será direcionado para causa, consequentemente solucionará o inchaço e o desconforto atrás do joelho. Além da absorção do líquido sinovial, é importante a estabilização da articulação, através de um fortalecimento muscular, pois a instabilidade estimula o aumento da produção do líquido. Não existe uma maneira de prevenção para o cisto de Baker, mas preste bastante atenção na saúde do seu joelho. Caso apresente dor no joelho ou mesmo outros sintomas, procure um fisioterapeuta para melhor orientá-lo. Leandro Borges é Fisioterapeuta e Instrutor de Pilates, Pós-graduado emTraumato-ortopedia com ênfase em Terapias Manuais. Contato: 99550-9212 ( whatsapp ) Email: leandrorjfisio@hotmail.com Blog do Facebook: Fisiot. Leandro Borges 

#Fisioterapia

0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil