• Alexandre Madruga

Pessoas entram no BRT Marechal Fontenelle sem pagar passagem


É Natal, mas isso não quer dizer que a passagem do BRT é de graça. Mas algumas pessoas resolveram dar para si esse presente, no final da manhã dessa segunda-feira (25). Minutos depois, agentes de segurança da concessionária se posicionaram no local da evasão.

No fim de novembro, a Câmara Municipal derrubou veto do prefeito Crivella e aprovou o Projeto de Lei 166/2017, que penaliza aqueles que não pagarem a passagem no BRT em R$170, dobrando o valor na reincidência. A lei deve ser regulamentada em até 60 dias, a contar da sua publicação e a concessionária deve colocar fiscais nas estações, mas a aplicação das multas ficará por conta de agente público, guarda municipal ou policial militar.

Em nota, o BRT informou que a lei deve trazer redução no número de equipamentos quebrados e danificados nos corredores. "A evasão é um problema corriqueiro no sistema BRT e que está diretamente ligado ao vandalismo, já que quem entra sem pagar passagem, muitas vezes, quebra portas e vidros para acessar os terminais e as estações. Este tipo de iniciativa parlamentar vai ao encontro do que o Consórcio defende, porque proporciona qualidade, segurança e conforto para quem usa o transporte público", disse trecho do comunicado.

#BRT #MarechalFontenelle #Evasão

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil