• Alexandre Madruga

Prefeitura realiza pesquisa e coloca Taquara com frango assado mais caro do Rio

Jardim Sulacap e Vila Valqueire ficaram com preços acima da média de toda cidade

A Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento e da Fundação João Goulart divulgaram nesta terça (10), uma pesquisa inédita que mede o preço cobrado pelo frango assado em diferentes bairros da cidade. Chamado de Índice Frangão Carioca, o levantamento comparou quanto se cobra pela refeição em 185 estabelecimentos de 160 bairros e identificou uma variação de até R$ 62. O levantamento foi feito por aplicativo de entrega, comparou os preços de frangos inteiros assados, acompanhados de batata e farofa. Na Taquara (R$ 77) foi encontrado o maior preço, enquanto Brás de Pina (R$ 15) registrou o menor valor. O custo médio do frango na cidade é de R$ 37,18.


Alguns bairros da zona oeste ficaram acima da média da cidade, como Jardim Sulacap (R$ 39,99) e Vila Valqueire (R$ 40). No entanto, Campo dos Afonsos (R$ 21), Magalhães Bastos (R$ 30), Bangu (R$ 28,94), Vila Militar e Realengo (ambos a R$ 33) ficaram abaixo da média.

“Percebemos que uma iguaria tão comum ao carioca, o frango assado, sofre variações de preço significativas de acordo com diferentes áreas da cidade, gerando comprometimento de renda maior ou menor para o consumidor de acordo com a localidade”, diz a presidente da Fundação João Goulart, Rafaela Bastos.

A análise é inspirada no índice Big Mac, que serve como um indicativo de Paridade dos Poderes de Compra, usando como referência o preço do hambúrguer da rede McDonald's em mais de cem países. A Fundação João Goulart buscou algo que fosse igualmente simbólico para o Rio de Janeiro - o frango assado - e que pudesse ser encontrado em todos os bairros da cidade. O único local em que os pesquisadores não identificaram o frango assado à venda foi em Paquetá.


Rafaela acrescenta, ainda, que também foram encontradas algumas peculiaridades.

“Uma surpresa foi encontrar valores muito discrepantes em relação à média em algumas regiões na Zona Oeste. Este é um resultado inicial que precisa ser aprofundado”, afirmou.

A pesquisa foi conduzida pelo Laboratório de Inteligência Fazendária da SMFP, o Lab.Faz, que reúne diversos especialistas para entender melhor o Rio, aprimorar a tomada de decisão dos gestores e propor inovações na área de inteligência fazendária. Para fazer essa medição, os pesquisadores consultaram os valores cobrados pelo frango em aplicativos de entrega de alimentos e fizeram uma busca ativa por telefone junto aos estabelecimentos. A próxima etapa do projeto será a realização do levantamento presencialmente.


O levantamento completo, com a lista de preços por bairro, pode ser obtido pelo site do RepertóRio, da Fundação João Goulart. Para baixar, clique AQUI.

 

O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Whatsapp: https://chat.whatsapp.com/Kk9oRvacghO4WzDT9spSVj

Telegram: https://t.me/sulacap

Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
whatsapp-botão.png
SELO-COR.jpg
Filiado a AJOR
Associação de
Jornalismo Digital

RÁDIOWEB SULACAP NEWS

PSS - banners sulacap-06.png
ALEXANDRE-SEM FUNDO.png