top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

Popular vs Sensacionalismo

EXTRA lidera vendas com jornalismo popular



No início de 2000, os jornais impressos populares alavancaram as tiragens de todos os periódicos do país. No Rio de Janeiro, Extra e Meia Hora lideraram as vendas nas bancas. No entanto, os jornais que antes chegaram a dividir a liderança, sofreram uma mudança no início de 2009.

O tipo de jornalismo feito por cada jornal acabou por determinar aquele que venderia mais ou menos. Com isso, uma queda acabou sendo constatada dentro do jornalismo chamado “sensacionalista”, enquanto o “popular” manteve a liderança.

O artigo ou Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de Jornalismo, tratam do estudo de caso destes jornais e verificará a mudança, ou não, em suas editorias e o modo de escolha do que é ou não é publicado, além da prioridade na opção por algumas editorias.

Para ler o artigo, clique em Artigo Intercom – REVISADO FINAL

Para ler o TCC, entre em contato com alexandre.madruga@globo.com


A obra O CRESCIMENTO DO JORNALISMO POPULAR E A RETRAÇÃO DO SENSACIONALISMO NO RIO DE JANEIRO: UM ESTUDO DE CASO DOS JORNAIS EXTRA E MEIA HORA de ALEXANDRE MADRUGA foi licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Uso Não-Comercial – Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.

留言


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page