Buscar
  • Selma Ferreira

SHIATSUnews | Terapias


​Olá, amigos! Essa semana iniciaremos um novo capítulo falando sobre os tipos de terapia na medicina tradicional chinesa. Iniciaremos com a auriculoterapia, que foi desenvolvida na dinastia Han (206 a.C. a 220 d.C.). Ela auxilia no tratamento e na prevenção de diversas patologias através do pavilhão auricular, que é um dos microsistemas mais utilizados atualmente na MTC.

No mapa auricular a orelha se assemelha a um feto de cabeça para baixo tendo um ponto que reflete cada parte ou órgão do corpo.

ANAMNESE No pavilhão aditivo analisamos o formato, textura, cor da pele e vasos sanguíneos que recobrem a orelha. E, como já disse anteriormente, segundo Maciocia, cada pequena parte do corpo reflete o todo. No formato analisamos se a orelha é grande ou pequena, se é proporcional ao tamanho da cabeça e se é bem formada em suas estruturas (condições hereditárias). Verificando assim, se há propensão a Plenitude ou deficiência de Qi e de sangue; Na textura da pele analisamos se está escamosa; Na cor da pele analisamos se há vermelhidão ou com manchas.

TRATAMENTO Os estímulos são feitos com agulhas de acupuntura, sementes de mostarda, agulhas intradérmicas, laser, esferas magnéticas e moxabustão. Com as agulhas intradérmicas realizamos a sangria auricular que é extremamente eficiente na drenagem dos canais, promovendo a circulação sanguínea, eliminando a estagnação do sangue, tranquilizando a mente, retirando calor e aliviando a inflamação e a dor.

INDICAÇÃO Ela é utilizada para aliviar as dores, enxaqueca, insônia, disfunções psicológicas, problemas reumáticos, hipertensão arterial, problemas de (pele, vasculares, respiratórios, cardíacos, urinários, digestivos e hormonais), combate a obesidade, anorexia ou doenças da tiróide, ansiedade, depressão, tabagismo, desânimo, dores provenientes de câncer, herpes zoster, quando a mesma é diagnosticada no início, como prevenção e manutenção da saúde.

CONTRA INDICAÇÕES - Gestantes entre o segundo e sétimo mês de gravidez, após esse período não deve-se estimular o ponto do útero, ovário, abdome, secreção glandular, sistema endócrino e subcortex. Segundo Yamamura (2004), Em gestantes com histórico de aborto espontâneo não utilizar a auriculoterapia em nenhum período gestacional. - Pessoas com hipersensibilidade; - Graus psiquiátricos não controlados; - Pessoas com senilidade.

Até a próxima semana.

Selma Ferreira da Conceição ESPECIALIDADES: Shiatsuterapeuta, formada pela Academia Brasileira de Artes e Ciências Orientais (ABACO) Aurículoterapeuta, formada pela Academia Brasileira de Artes e Ciências orientais (ABACO) Fisioterapeuta, formada pela Universidade Castelo Branco (UCB) Celular: (21) 996049985


0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil