Buscar
  • Josi̊ Sàldanha - Numeróloga Cabalista

HOLÍSTICOnews | O Chakra Cardíaco, nosso 4º chakra


Chegamos ao estudo do nosso 4º Chakra, o Cardíaco. Ele se localiza no centro do nosso peito, entre os mamilos, e rege toda essa área, até ambas as axilas. Seu nome original, em sânscrito, é “Anahata” e significa “invicto”, “inviolável” e há traduções que o denominam “câmara secreta do coração” ou “destrancado”.

Por sua localização, ele é um conector entre os três chakras inferiores (Básico, Umbilical e Plexo Solar) e os três chakras superiores (Laríngeo, Frontal e Coronário), sendo, portanto, o ponto central dos 7 principais chakras. Podemos dizer que ele é a “ligação entre o céu e a terra”, energizando e equilibrando os demais chakras. Para termos um sistema imunológico forte, saudável, é preciso manter esse chakra também saudável.

O Chakra Cardíaco é o centro da afetividade, sendo um canalizador do amor e dos demais sentimentos bons. Estando em equilíbrio, ele faz com que nossa aura vibre em sentimentos de gratidão, compaixão, generosidade, nos dando a capacidade de demonstrar amor, em seu sentido mais elevado e altruísta.

Ele trabalha sem descanso, pois a todo momento estamos interagindo uns com os outros, repletos das mais variadas emoções e sentimentos e é devido à nossa dificuldade em trabalhar esses nossos sentimentos que temos visto tantas mortes relacionadas às doenças do coração.

Além das funções já mencionadas, o 4º Chakra também responde por nutrir o coração, a circulação, a glândula timo e os pulmões com energia sutil. Por isso, o desequilíbrio desse centro energético pode ocasionar doenças cardíacas, derrames, enfraquecimento do sistema imunológico, doenças do pulmão e ser porta de entrada para vírus, bactérias e células cancerosas.

A principal causa da obstrução desse chakra é a nossa dificuldade ou incapacidade de demonstrar amor ao próximo. Portanto, esforçar-se para aprender a sentir compaixão e afeto pelas outras pessoas e também por nós mesmos, é fundamental para desobstruir esse centro energético e elevar nossa consciência a um nível acima, o que nos trará, consequentemente, uma vida mais saudável. A manifestação do amor e da compaixão, do senso de responsabilidade, cuidado e solidariedade, começam em nosso coração.

Quando nosso 4º Chakra está alinhado temos:

- Amor: pelo que fazemos, pela vida, por todos os seres; - Maior controle e harmonia em nossos relacionamentos; - Sentimento de profunda compaixão em geral; - Capacidade de entender as situações e perdoar; - Uma visão mais ampla e equilibrada em relação à vida; - Maior harmonia e equilíbrio entre a vida material e espiritual; - Capacidade de tomar decisões com mais confiança; - Maior disposição e vigor físico devido à energização dos demais chakras; - Capacidade de dar bons conselhos às outras pessoas; - Um sentimento de felicidade (mesmo sem que tenha acontecido nada especial), que contagia os demais; - Espiritualidade mais elevada.

Entretanto, quando nosso 4º Chakra está em desequilíbrio, temos o seguinte quadro:

- Possibilidade de termos problemas cardíacos diversos; - Transtornos de ansiedade; - Taquicardia, palpitações; - Câncer de mama; - Dependência: afetiva e material; - Inconstância nos sentimentos e relacionamentos afetivos, tornando-os passageiros; - Depressão, isolamento; - Irritações constantes; - Decepções, frustrações; - Materialismo exagerado.

O que fazer para equilibrar o 4º Chakra:

Como sempre, o Reiki é a terapia mais indicada para alinhar todos os chakras e, com o 4º Chakra não seria diferente. Outras formas de equilibrar o Chakra Cardíaco:

- Meditar deitado(a), com música suave, colocando uma pedra de cor rosa ou verde sobre o Chakra (pois rosa e verde são as cores dele): jade, esmeralda, quartzo, turmalina etc; - Praticar o perdão: o que a maioria das pessoas não sabe é que perdoar significa “deixar ir”, ou seja, desapegar-se de alguém que consideramos nos ter magoado, pois guardar rancor, mágoa, ódio, “aprisiona” a pessoa dentro de nosso coração. Portanto, perdoe, deixe ir! - Autoaceitação e autocuidado: praticar o amor próprio é fundamental, pois “amar o próximo” deve ser “como a si mesmo”, de acordo com os ensinamentos do Mestre Jesus; - Demonstrar amor: praticar a caridade, a solidariedade, a fraternidade, faz com que nos sintamos úteis, trazendo uma sensação de paz e gratidão, de partilha e irmandade. - Abraçar: o ato de abraçar promove o encontro dos Chakras Cardíacos das pessoas que se abraçam e há uma troca de energia imensa (conforme escrevi no artigo sobre o abraço e que você pode ler aqui: https://goo.gl/YKxRc6). Abrace as pessoas e abrace a si mesmo: não tem contraindicação! - Melhore a respiração: o quarto Chakra tem como elemento o ar, portanto, exercícios para melhorar a respiração ajudam a equilibrá-lo; - Expresse gratidão: seja uma pessoa grata. Agradeça sempre, a todos, mesmo nas mínimas coisas e, assim, uma nova forma de ver o mundo se apresentará a você, trazendo um profundo sentimento de paz e alegria.

Um grande abraço e até a próxima semana, quando estudaremos sobre o 5º Chakra.

Namastê!

Josi̊ Sàldanha é Numeróloga Cabalista, formada pela ABNC – Academia Brasileira de Numerologia Cabalística, Terapeuta Psicopedagoga Holística, em várias especialidades, afiliada à ABRATH – Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos, Pedagoga formada pela UERJ, Teóloga especialista em Ciências da Religião pela UNESA, Sacerdotisa há 15 anos, com dois livros publicados na área de Teologia.

Telefones Oi: (21) 3357-7399 e 98464-4568

Whatsapp e celular Claro: 99232-4887

www.josisaldanha.com.br

contato@josisaldanha.com.br

www.facebook.com/josisaldanhanumerologa

#ChakraCardíaco #perdão #autocuidado #autoaceitação #Anahata #Reiki

0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil