© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

RioSaúde assume administração do posto de saúde em Jardim Sulacap

January 9, 2020

A RioSaúde, empresa pública da Prefeitura do Rio, assumiu no dia 30 de dezembro a gestão da unidade, que integra a Área Programática 5.1, com o objetivo de melhorar o atendimento prestado à população da região. O Centro Municipal de Saúde Masao Goto realiza, segundo a nova administração, em média, 3.300 atendimentos mensais e continua com seus 117 profissionais oferecendo os mesmos serviços incluídos na estratégia Saúde da Família, como: exames  laboratoriais, imunização, teste de escarro, curativo, teste para detectar tuberculose, teste do pezinho, odontologia, psicologia, nutrição, fonoaudiologia, pediatria, ginecologia, dermatologia, clínica médica, colocação de DIU, farmácia, biópsia de pele e emissão de certificado internacional de vacinação ou profilaxia. Pelo convênio firmado com a Secretaria Municipal da Saúde, a RioSaúde administrará a unidade pelos próximos dois anos.  A entrada da empresa pública no serviço de Atenção Básica faz parte da estratégia amplamente divulgada pela Prefeitura de repassar para a empresa pública a gestão de novas unidades com o término de contratos com Organizações Sociais.

 

A RioSaúde começou a operar em 2014 na administração de unidades da rede municipal e nesse período, cerca de três milhões de pessoas foram atendidas nas unidades gerenciadas, onde obteve 84% de aprovação, segundo a empresa pública, que inseriu uma série de inovações em seu sistema de atendimento, investindo em tecnologia para aumentar a segurança do paciente e agilização de todo o fluxo.

 

Atualmente, administra as seguintes unidades municipais, que prestam serviço 24 horas por dia: os hospitais municipais Ronaldo Gazolla e Rocha Faria, CER Campo Grande e Barra da Tijuca, e as UPAs Cidade de Deus, Rocha Miranda, Senador Camará, Madureira, Vila Kennedy, Costa Barros, Sepetiba, João XX lll e Paciência. Recentemente, a empresa pública assumiu a gestão das unidades de Atenção Primária das áreas programáticas 5.1 (Bangu e Realengo) e 5.2 (Campo Grande e Guaratiba).

Compartilhar
Twitter
Please reload