© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

Churrascaria desrespeita interdição, funciona normalmente, é multada e interditada de novo

November 27, 2019

 

Após operação conjunta da Delegacia do Consumidor e Vigilância Sanitária na última sexta-feira (22), o que ocasionou em interdição total da Churrascaria e Pizzaria Sul Rio, localizado na Estrada Marechal Fontenelle, o estabelecimento funcionou indevida e normalmente no mesmo dia da interdição e também em todo final de semana, segundo relatos de testemunhas. Após denúncias, a Vigilância Sanitária retornou ao local na manhã dessa segunda-feira (25) e flagrou que a churrascaria estava pronta para funcionar. 

Devido isso, foram multados e novamente interditados. "Encontramos irregularidades no local e teve interdição total. Mais de 620kg de alimentos foram inutilizados e está com interdição total por falta de higiene e por falta de estrutura", afirmou a Vigilância Sanitária, ressaltando que se o estabelecimento desrespeitar a interdição e reabrir, será novamente multado.

 

Na primeira inspeção, o estabelecimento foi autuado por entrega ao consumo de alimento impróprio ao consumo (R$ 2.856,15) e por condições higiênico-sanitárias insatisfatórias (mesmo valor).  

No retorno para monitoramento de edital de interdição, a Vigilância verificou que a firma estava produzindo alimentos na cozinha, descumprindo o edital, sendo autuada por desobediência e multada em mais R$ 2.856,15. 

 

Segundo apuramos, para voltar a funcionar, o estabelecimento precisa se adequar às seguintes exigências: limpeza de toda loja e de máquinas, câmaras frigoríficas, freezers, geladeiras, banheiros e depósito, com a retirada de todo o material em desuso; instalação de água quente corrente na cozinha; substituição de freezers enferrujados; reparo do vazamento sobre os alimentos; etiquetagem dos alimentos nas unidades de frios; não utilização de baldes para acondicionar alimentos; e providenciar sabão líquido, papel toalha e lixeira com tampa para os banheiros dos funcionários.

 

A Vigilância Sanitária pediu para qualquer um que veja o estabelecimento aberto, denuncie novamente pelo 1746.

 

 

 

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg