© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

Dia 30 tem show "1973 – Uma trilha sonora", no Teatro Armando Gonzaga em Marechal Hermes

November 20, 2019

 

Alguns dos principais LPs da música popular brasileira foram lançados em 1973. Mesmo ano de estreias em LPs solos de artistas como Luiz Gonzaga Jr. Fagner, João Bosco, Luiz Melodia, Raul Seixas e Secos e Molhados, entre outros. Um ano em que muitos acharam que com o final dos grandes festivais a música brasileira iria se estagnar. E não foi isso que aconteceu.

 


Esse é o mote de “1973 – Uma trilha sonora” que acontecerá no próximo dia 30 de novembro, sábado, 20 h, no Teatro Armando Gonzaga, Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes. Estarão no palco Rubens Kurin, Pedro Moraez, Banda Certas Canções, Os Lichote +1 e Masé Sant Anna.

O show é resultado do livro “1973 – O ano que reinventou a mpb” (ed.Sonora), que narra a trajetória de discos e artistas lançados naquele ano, através de jornalistas-pesquisadores de diferentes regiões do país. No espetáculo coletivo, o ano musical de 1973 é revivido através de reinterpretações de algumas das músicas lançadas (e presentes) em compactos e LPs.

 


Músicas lançadas originalmente em 1973 como “O Vira”, de Luli e João Ricardo, do repertório dos Secos e Molhados, e Cálice, de Gil e Chico Buarque, estão no repertório.

Trilha sonora de outros lançamentos de 1973
Em 2014, na época do lançamento da primeira edição, “1973” teve lançamento com trilha sonora na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo. Coube ao violonista Emilio Moreira e a cantora Elaine Siqueira darem vida ao repertório de 1973.

No lançamento de Fortaleza, também em 2014, Marta Aurélia, Soledad Brandão e Mona Gadelha (uma das autoras de 1973) cantaram algumas músicas do repertório de 1973. O mesmo aconteceu, no mesmo 2014, em Brasília, quando as cantoras Célia Rabelo, Fernanda Santa Cruz e Marcia Tauil deram um tempero especial ao repertório.

 


Em 2018, para o lançamento da segunda edição, Tauil reuniu um grupo de vozes do planalto central, denominado Novas Vozes de Brasília e desfilaram de Gonzaguinha a Odair José. Também em 2018 o livro teve lançamento na capital paranaense, com recital com artistas curitibanos, coordenados pelo compositor Isso Fisher, cantando algumas pérolas do ano mítico. Também em 2018 aconteceu, no Rio, a primeira edição de “1973 Uma trilha sonora”, com a participação de diversos artistas como Rildo Hora, Tunai, Manu Santos e Tuca Alves, Pedro Lima, Dudi Bartz, Pedro Moraez, Triar, Paulo Bi, Carlos Evandro Lordello e Rubens Kurim. Já em 2019, em maio, em Belo Horizonte, foi realizado o espetáculo “1973 Do chumbo a nossa, do choro ao rock'n roll” capitaneado por Malu Aires, com Sylvia Klein, Iara de Andrade e Eduardo Campos.

Localizado em Marechal Hermes, o Teatro Armando Gonzaga é um equipamento da Funarj, vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) e fica na Av. Gen. Osvaldo Cordeiro de Farias, 511 – Marechal Hermes. Tel: 2332-1040 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg