© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

Creche de Realengo sofre com falta de água e obra de cisterna está parada

November 14, 2018

A Comunidade da Vila João Lopes, que fica junto a Minha Deusa na Rua Manoel Nogueira de Sá em Realengo, sofre com as constantes falta de abastecimento de água. Para piorar, uma creche municipal no local também tem os mesmos problemas, com a unidade tendo que fechar alguns dias da semana. Isso acontece com o Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Gessica Guedes Pereira, localizado em Realengo, que foi inaugurado sem uma cisterna e aliado a falta constante de água, a solução é pedir carros-pipas a Cedae.

 

A cisterna começou a ser construída há quase um ano e até agora não foi concluída. "A obra está parada, com buraco aberto, colocando em risco as crianças. Além disso, nossas crianças ficam sem aula em dias intercalados devido a falta de água. A comunidade pede socorro, pois semana passada a creche deixou de funcionar dois dias por não ter água", diz uma moradora que prefere não se identificar e ressaltou que EDI tem três caixas d´água de 3 mil litros.

 

Segundo a 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o trabalho está seguindo duas frentes. Em nota, a CRE informou que "no âmbito emergencial, busca junto à Cedae o atendimento ao EDI por meio de fornecimento de água através de carros-pipas. Para resolver o problema de abastecimento de forma definitiva, o Conservando Escolas - programa realizado pela Riourbe com o objetivo de executar serviços de manutenção nas unidades escolares – está executando o projeto de construção de uma cisterna para atender a unidade".

 

De acordo com a CRE, a execução da obra prossegue nesta quarta-feira (14/11)  após a conclusão dos cálculos estruturais realizado pela empresa contratada para executar o serviço.

 

 

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg