© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

FISIOnews | Contratura muscular no pescoço (torcicolo)

O nosso corpo possui cerca mais de 650 músculos estriados esqueléticos, ou seja, de contração voluntária. Podem ser músculos superficiais ou profundos. Sendo que cada músculo, tem um papel específico,  realizando movimentos em diferentes articulações. Sem eles, jamais poderíamos andar, correr, nadar, pular, sentar ou deitar.

 

Um problema que é comum de acontecer, é a contratura muscular, e isso ocorre quando um músculo se contrai de maneira involuntária e permanente. Pode gerar dor, ou até mesmo ficar limitado ao movimento. Podemos notar uma certa rigidez ao palparmos o local.

 

A contratura muscular é comum no mundo do esporte, muitas das vezes os atletas sofrem uma sobrecarga, seja por excesso de exercício ou durante uma partida de futebol, basquete, tênis ou vôlei. Um trabalhador também pode sofrer contratura, após horas na mesma posição inadequada.

 

Uma forma de contratura muscular bem conhecida no ser humano, é o torcicolo. Normalmente a pessoa sente dor ao acordar, e nota-se uma certa dificuldade para virar a cabeça para o lado, sendo que um ombro pode ficar mais alto que o outro. Na maioria das vezes o músculo afetado é o esternocleidomastoideo ( músculo do pescoço ), existente em ambos os lados do pescoço. A duração em média são de 48 horas no caso de torcicolo.

 Quais fatores que influenciam para a contratura muscular?

- Estresse;
- Fadiga muscular;
- Movimento brusco;
- Dormir com a cervical rodada, de barriga para baixo;
- Falta de flexibilidade;
- Postura inadequada.


Como podemos evitar?

Antes e depois dos exercícios, realizar alongamentos, é uma boa maneira de evitar as contraturas. Eu afirmo, da mesma maneira, para quem trabalha com uma longa jornada de trabalho. Procure sempre tirar um intervalo para se alongar.

 

Eu já estou com contratura, já foi diagnosticado, o que posso fazer?

- Procure tomar uma banho quente, deixando a água cair bem no local;
- Coloque uma bolsa de água quente enrolada em uma toalha por 15 minutos;
- Peça alguém que faça uma massagem local;
- Faça um alongamento suave;
- Técnicas de relaxamento.


A contratura pode melhorar espontaneamente, mas caso não melhore, procure um fisioterapeuta para uma reavaliação, e combater essa contratura muscular, para que ele possa utilizar seus recursos e lhe oriente como direcionar o tratamento.

 

Leandro Borges é Fisioterapeuta e Instrutor de Pilates, Pós-graduado em Traumato-ortopedia com ênfase em Terapias Manuais.

Contato: 99550-9212 ( whatsapp )

Email: leandrorjfisio@hotmail.com

Blog do Facebook: Fisiot. Leandro Borges

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg