© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

HOLÍSTICOnews | Formas-pensamento, miasmas e larvas astrais

Conforme citei na semana passada, hoje vou falar sobre o que vem a ser as formas-pensamento, miasmas e larvas astrais. Preparem-se!

 

Por certo, uma grande parte de vocês nunca deve ter ouvido falar nessas “coisas”. Talvez alguns saibam do que se trata e outros, tenham uma “leve ideia”.

 

Pois bem, como eu venho dizendo ao longo de vários artigos, nossos pensamentos são poderosos, criadores, capazes de criar situações e coisas inimagináveis para muitos de nós. Boas ou más. O pensamento é poderoso, não canso de repetir.

 

De acordo com a alegoria bíblica, ao explicar a criação do Universo, da Terra, da vida, O Grande Espírito Criador, a quem chamamos de Deus, “pensava, falava e criava”: “E disse Deus: haja luz. E houve luz e Deus viu que a luz era boa” (Gênesis 1.3-5). Somos fagulhas de Deus e a nossa maior missão é a de nos reconectar novamente a Ele. Devido a isso, pelo fato de sermos fagulhas Dele, temos também a capacidade criadora: pensamos-falamos-criamos (e mais: na maioria das vezes, nem precisamos falar, apenas o pensar já basta e é isso o que vou explicar mais abaixo). Entretanto, devido a essa “desconexão temporária”, oscilamos entre o bem e o mal, entre o sagrado e o profano, entre a alta e a baixa vibração, entre luz e as trevas, infelizmente.

 

Como somos seres da terceira dimensão, a grande maioria de nós, não consegue ver “o invisível” e ainda bem, pois poucos suportariam ver, principalmente, suas próprias criações mentais. A todo o momento damos forma energética aos nossos pensamentos. A maioria se dissipa, pois têm vida muito curta, contudo, existem as que são “alimentadas” por mais e mais pensamentos densos e que permanecem “vivas” por um bom período, ou por anos a fio...

 

FORMAS-PENSAMENTO

As formas-pensamento são criações mentais que todos nós fazemos, individualmente. Elas surgem da seguinte maneira: quando temos um pensamento emocionalmente forte sobre alguma coisa, seja boa ou ruim, plasmamos energeticamente uma imagem vibracional daquilo que pensamos. Uma pessoa com mediunidade elevada pode até ver essas formas “flutuando” perto de quem as pensou.

 

Quando desejamos o mal a alguém, quando nutrimos um ódio violento, inveja, cobiça e coisas do gênero sobre alguma pessoa, criamos um “ser” muito parecido conosco, que fica seguindo o alvo de nossos maus desejos. Mas não é um ser, um ente, propriamente dito, pois não tem espírito, não tem alma, é apenas uma “sombra”, um corpo energético carregado e plasmado do sentimento que projetamos contra a pessoa-alvo dos nossos sentimentos ruins.

 

Esse “ser” só permanece existindo se for sempre alimentado, seja por quem o criou ou até mesmo pela pessoa-alvo, caso ela esteja em ressonância vibratória com essa forma-pensamento. Essa forma-pensamento passa então a travar a vida de seu alvo em tudo o que ela puder, pois trata-se de um “ser à imagem e semelhança” do seu criador, que odeia e deseja tudo de ruim para seu desafeto. Caso essa pessoa-alvo esteja “protegida” através de uma conexão espiritual elevada, a forma-pensamento nada poderá fazer a não ser segui-la. Caso contrário, o caos vai se instalando sutilmente.

 

Podemos criar formas-pensamento ruins para nós mesmos. Pessoas que se odeiam, que não se aceitam, que vivem reclamando de tudo, que se praguejam repetidamente, criam formas-pensamento que travam a própria vida e atraem inúmeras situações e pessoas ruins para perto de si, para se autoalimentarem, fazendo com que a pessoa se autodestrua.

 

A boa notícia é que também podemos criar formas-pensamento “do bem” quando desejamos tudo de bom para uma pessoa. Normalmente, essas formas-pensamento boas não tomam uma forma específica, parecida com a gente, por exemplo, mas permanecem em formato energético, brilhantes, vibrantes, com cores relacionadas ao bom sentimento emanado para si ou para outrem.

 

As formas-pensamento, sejam as boas ou as maléficas, normalmente se desfazem quando seu criador para de emitir os pensamentos direcionados ou quando a pessoa-alvo se submete a algum tratamento holístico (Apometria ou Mesa Radiônica, por exemplo). Se for um tratamento espiritual (em alguma religião), o mais provável é que essa forma-pensamento continue existindo, mas não tenha mais o poder de interferir na vida do seu alvo. Seja a qual tratamento a pessoa vier a se submeter, o importante é que ela passe a levar uma vida espiritualizada, cultivando bons pensamentos, elevando seu padrão vibracional, se reconectando o máximo possível a Deus, pois, assim, ficará “blindada” aos ataques energéticos e espirituais que porventura vier a ser submetida.

 

MIASMAS ESPIRITUAIS

Quando uma pessoa insiste em ser negativa, em ter pensamentos ruins sobre tudo, todos e sobre si mesma, enraizando sentimentos negativos, amarguras, ódios, raivas, invejas, traumas, ela cria ao redor de si algo pior que as formas-pensamento: os miasmas espirituais, uma forma-pensamento condensada, digamos assim. Os miasmas atingem de tal forma essa pessoa que ela começa a adoecer. Daí, essa pessoa vai ao médico, faz vários exames e nada é detectado, mas a “doença” se alastra. Os miasmas espirituais começam a atacar a pessoa de forma bastante sutil, mas vão evoluindo e levando a pessoa cada vez mais para o abismo de sentimentos ruins e doenças físicas.

 

Caso essa pessoa não aceite um tratamento adequado (holístico, espiritual), uma mudança de pensamentos e atitudes, os miasmas podem evoluir para algo muito pior: as larvas astrais.

 

LARVAS ASTRAIS

Da mesma forma como, por exemplo, as frutas e legumes apodrecem, as energias negativas acumuladas também apodrecem. Portanto, a energia negativa que se acumula na pessoa, apodrece e forma os miasmas espirituais que, passado um tempo, apodrece mais ainda e esses miasmas se tornam larvas astrais, levando a pessoa à total negatividade e autodestruição.

 

Nesse estágio, a pessoa apresenta uma total apatia. Quando ela ainda está na fase do miasma espiritual, ainda apresenta certa disposição para dar continuidade ao seu processo de atormentar tudo e todos e atrair para si uma infinidade de coisas ruins (físicas e espirituais), mas quando esse estado evolui para larvas astrais, a apatia é tanta que é comum a pessoa cair em depressão. Sendo que essa depressão apresenta-se não apenas com a apatia generalizada, mas também em forma de frieza espiritual e também física alternando com estados febris momentâneos, vômitos, ânsias inexplicáveis, espasmos, diarreias etc.

 

E não é só isso: a casa da pessoa também é afetada! Fica parecendo uma casa mal-assombrada onde até as paredes podem apresentar mofo e ficarem amareladas, sem motivo aparente, pelo simples contato com o ar que a pessoa afetada respira. Outras pessoas e animais, que porventura residirem nesse local, também podem vir a ser afetados, dependendo da situação.

 

Mas tudo tem um jeito!

 

É muito difícil o tratamento de uma pessoa que não percebe que está se autodestruindo. Entretanto, caso essa pessoa, minimamente que seja, ouvir o chamado da espiritualidade (que é constante) para que ela melhore, para que saia desse padrão energético, para que mude de atitude, um bom período de tratamento com as diversas terapias holísticas podem reverter esse quadro.

 

Infelizmente, a maioria de nós só acorda “pela dor”, talvez por ela ser necessária para nossa evolução, para o resgate de situações passadas ou por sermos “duros de coração” mesmo... Seja o que for, o mundo espiritual está sempre disposto e disponível para ajudar a quem lhe pedir ajuda. Para isso existem os médicos, os terapeutas holísticos, as religiões sãs, os livros e técnicas de autoconhecimento e autoajuda, as ordens iniciáticas. Basta estamos dispostos a melhorar, a mudar de atitudes e pensamentos e, claro, nos esforçarmos muito, pois nada “cai do céu, naturalmente, a não ser a chuva”.

 

Sei que hoje o artigo foi pesado, mas tenho esse dever de repassar o que sei, o que aprendo, para ajudar o maior número possível de pessoas a melhorar, a evoluir.  Portanto, a partir de agora, faço um convite a todos: vamos melhorar nossos pensamentos, vamos demitir o ódio, a raiva e todos os sentimentos ruins da nossa vida! E, se por acaso eles aparecerem, que sumam em instantes, que não criem raízes dentro de nós.

 

Um grande e afetuoso abraço!

Namastê!

 

Josi̊ Sàldanha é Numeróloga Cabalista, formada pela ABNC – Academia Brasileira de Numerologia Cabalística, Terapeuta Psicopedagoga Holística, em várias especialidades, afiliada à ABRATH – Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos, Pedagoga formada pela UERJ, Teóloga especialista em Ciências da Religião pela UNESA, Sacerdotisa há 15 anos, com dois livros publicados na área de Teologia.

 

Telefones Oi: (21) 3357-7399 e 98464-4568

Whatsapp e celular Claro: 99232-4887

www.josisaldanha.com.br

contato@josisaldanha.com.br

www.facebook.com/josisaldanhanumerologa

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg