© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

SERVSOCIALnews | A família e seus reflexos

Como de costume venho mais uma vez discursar sobre minhas experiências profissionais a cerca desse tema que pertence a todos nós, família, todos nós temos uma e viemos de uma goste ou não, e é a família que nos ensina como viver, é lógico que é uma via de mão dupla, podendo ser guiado de uma forma correta ou incorreta, nesse caso depende da interpretação de como cada um enxerga e corrige os seus erros ou amplia os seus acertos.

 

A família é a determinante de grande parte de nossas ações, quando somos crianças nos empenhamos em sermos cópias vivas do que assistimos ao nosso redor, conforme o tempo passa os costumes adquiridos na infância nada mais são do que reflexos das atitudes dos adultos e outros integrantes da nossa família.

 

A educação, as idéias, as virtudes e princípios são em sua grande maioria repetidos por gerações, é claro que isto não significa que enquanto adulto isso não possa mudar e eu digo que não só pode como deve mudar e para melhor sempre, se somos o reflexo do que vivenciamos na infância, temos a capacidade de corrigir os erros cometidos por nossos pais, seja na forma de educar nossos filhos ou de aperfeiçoar nossas atitudes perante a sociedade em que vivemos.

 

Não somos crianças, temos total facilidade para refletir sobre nossas ações e nossos conceitos, como por exemplo, sobre o machismo, preconceito, intolerância, cabe a cada um de nós na fase adulta ter e sentir interesse nesse processo de mudanças de atitudes e conceitos estabelecidos anteriormente, não somos obrigados a repetir erros, temos a liberdade de agir em prol de nossa visão, do que acreditamos ser o certo, só assim será possível vivermos em uma sociedade pacífica e com respeito, e isso só depende de nós.

 

A super proteção a educação exagerada ou a falta dela, como por exemplo, a falta de limites, estas tem duras consequências na vida adulta, reflexos de falta de respeito, falta de educação ou zelo exagerado geram adultos seguros demais ou inseguros demais, o meio termo é sempre o aconselhável, o papel do adulto na família é de ser o educador, educar para o hoje e principalmente para o amanhã, quando não dependerão mais de nós terão que agir com sua capacidade intelectual, tomar decisões, trabalhar e se tornarem justos, errando e acertando.

 

A reflexão sobre os ensinamentos e exemplos da nossa família de origem são muito importantes para a construção do ser humano e em segunda instância na reconstrução.

 

O meu conselho é que você faça uma auto correção em suas atitudes, baseado nisso você se tornará apto a ensinar e educar sua prole para que a harmonia e a educação sejam vitoriosas no futuro da civilização.

Caros leitores o futuro é hoje, corrija hoje, ensine hoje, seja o melhor exemplo hoje, converse com seu filho, se você não educar com amor, outros terão que fazer e acredito que não será com amor, imponha limites ao seu filho hoje, para que ele não ultrapasse as regras amanhã e tenha punições severas, educar não é fácil, tenha certeza disso, mas o legado é eterno, e esse com certeza é um dos mais belos reflexos da família.

 

Caro leitor querendo contribuir ou realizar alguma sugestão, entre em contato através do email: valeubere@hotmail.com.

 

Agradeço imensamente a oportunidade.

 

Sou Benilce, Assistente Social pela Universidade Castelo Branco, especialista em Terapia de Família pela Universidade Candido Mendes e Historiadora pelas Faculdades Integradas Simonsen, possuo ampla experiência com famílias em situação de vulnerabilidade social e crianças e adolescentes com deficiência.

Compartilhar
Twitter
Please reload

ELIANE-site.jpg