top of page
  • Foto do escritorDa Redação

[VÍDEO] Procon-RJ realizada ação em supermercados de Realengo, Bangu e Taquara

Foram descartados mais de meia tonelada de alimentos em ação realizada em vários estabelecimentos do Rio

O Procon Estadual do Rio de Janeiro realizou ação de fiscalização em 16 supermercados nos municípios do Rio de Janeiro, Niterói, Nova Iguaçu e Nilópolis nesta terça-feira (20). A ação contou com a participação do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM). Alimentos vencidos, sem informações sobre a data de validade e manipulação, mal armazenados e publicidade enganosa foram algumas das irregularidades identificadas pelos agentes. Todos foram autuados.

Dos dezesseis estabelecimentos vistoriados, houve descarte de produtos em quatorze. Desse total, 341kg e 531g de alimentos não possuíam informação sobre a data de validade e manipulação, 151kg e 724g estavam vencidos, 10kg e 738g estavam mal armazenados e 5kg e 800g eram carnes previamente moídas, prática proibida por lei. Entre os alimentos descartados havia carnes diversas, frios, doce de leite, produtos em conserva, salgados, recheios, massas e doces prontos. Na Zona Oeste, Realengo, Bangu e Taquara tiveram estabelecimento visitados.

Um mercado de Realengo teve as áreas de açougue e laticínio interditadas, pois não havia barreira de proteção entre os locais e o armazenamento de lixo. Em Bangu, um dos supermercados vistoriados também teve a área do laticínio interditada, uma vez que o local está em obras, gerando acúmulo de poeira e sujeira no lugar.

Em um supermercado da Taquara foi constatado publicidade enganosa. A promoção informava que se o consumidor comprasse um determinado absorvente, ganharia um pacote de lenço umedecido. Porém se o cliente efetuasse a compra dos produtos separadamente, o valor era menor que o promocional.


Em todos os supermercados fiscalizados, os agentes encontraram problemas estruturais como por exemplo: piso quebrado, lixeira sem ou com pedal quebrado, fiação exposta, ferrugem, ralo não sifonado e sem tela de proteção, mofo e goteira. Além disso, seis deles não possuíam caixa preferencial adaptado para cadeirantes.


Os agentes do IPEM reprovaram quatro balanças. Havia balança desregulada, com pesagem fora dos padrões da portaria do INMETRO, com mau estado de conservação, com o dispositivo indicador danificado ou com o mostrador de peso danificado, dificultando a visualização correta pelo consumidor.

Estabelecimentos fiscalizados na Zona Oeste:

Super Rede Avenida Pirpirituba, 74 – Realengo Supermarket Estrada do Engenho, 1314 – Bangu Prezunic Praça Jauru, 32 – Taquara Guanabara Estrada do Cafunda, 1560 – Taquara

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page