top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Universidade Castelo Branco promove Ação Solidária de Doação de Sangue

O objetivo da ação solidária é difundir a importância do ato de doar

Desde o início da pandemia de Covid-19, os estoques de bolsas de sangue do Hemorio têm operado em capacidade reduzida, cerca de 20% menor que o normal devido à redução no número de doadores. Para ajudar a reverter esse quadro, a Universidade Castelo Branco (UCB) abrirá as portas da unidade de Realengo nesta quinta-feira (21) para as pessoas que quiserem doar sangue.


O objetivo da ação solidária é difundir a importância do ato de doar. Os interessados devem comparecer ao campus da universidade em Realengo das 10h às 15h. A iniciativa em parceria com o Hemorio conta com a colaboração dos alunos dos cursos enfermagem e nutrição da Escola de Saúde da UCB.

“A Universidade Castelo Branco sempre esteve envolvida em atividades de conscientização. Essa não é a primeira vez que temos a iniciativa de fazer uma ação abordando esse tema tão importante. O ato de doar pode salvar muitas vidas, além de contribuir para manter o estoque das bolsas de sangue. Essa é apenas mais uma de muitas iniciativas que vamos realizar”, destaca o mantenedor da UCB, Marcelo Gissoni.

Quem pode doar sangue?

Para doar sangue é importante ter e estar com boa saúde; não ter tido hepatite após 11 anos de idade, pesar acima de 50 kg e ter idade entre 18 e 69 anos. Jovens de 16 e 17 anos poderão doar se acompanhados do responsável legal ou portando autorização desse, com fotocópia do documento de identidade do responsável. Pessoas com mais de 61 anos poderão doar se tiverem realizado pelo menos uma doação antes dos 60 anos.


O doador deve dormir bem na noite anterior à doação; não ter sido exposto à situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis; não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses; e não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos seis meses. Nas doações pela manhã, o doador deve se alimentar antes. Já naquelas feitas na parte da tarde, é preciso que haja um intervalo.


A professora Tatiane Duarte pró-reitora acadêmica da Universidade Castelo Branco reitera a importância da ação.

“A promoção de ações que valorizem a vida é um dos pilares defendidos pela UCB. Estas contribuições fazem com que a população entenda que o equilíbrio da vida em sociedade é cuidar um dos outros. É mais que conscientizar: É um compromisso de solidariedade ao próximo e à vida”, declara Tatiane Duarte.

Comentários


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page