top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Sábado (27), Madureira terá "Amamenta Rio" para estimular aleitamento e doação de leite humano

Parque Madureita terá grande ação como parte do "Agosto Dourado"

Ana Paula Moreira, nutricionista-chefe do banco de leite humano da Maternidade Leila Diniz

Acontece neste sábado (27) o Amamenta Rio, uma grande ação de mobilização de mulheres e seus bebês para alertar sobre a importância do aleitamento materno. O evento, que acontece das 9h às 13h no Parque Madureira e faz parte das atividades para marcar o Agosto Dourado, mês em que são estimulados o debate e divulgações sobre o tema. O leite materno é o alimento mais completo para os bebês nos primeiros seis meses de vida e traz benefícios também para as mães, uma vez que a prática do aleitamento ajuda na proteção contra o câncer de mama e na recuperação mais rápida do útero após parto. A Secretaria Municipal de saúde oferece amplo apoio à causa da amamentação, com ações de incentivo e orientação às mamães e famílias nas unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) e maternidades. Para auxiliar nos cuidados de recém-nascidos internados em UTIs, principalmente os prematuros, cujas mães não conseguem amamentá-los com seu próprio leite, a rede de saúde do município conta com bancos de leite humano em seis maternidades de referência, além de postos de coleta em diversas unidades básicas. Ana Paula Moreira, nutricionista-chefe do banco de leite humano da Maternidade Leila Diniz, fala sobre a importância desse trabalho:

“O banco de leite tem a função de promoção, apoio e técnica. Para a alimentação dos recém-nascidos internados em UTI neonatal, usamos o leite que a própria mãe irá ordenhar ou, em casos mais específicos, o que foi doado ao banco humano e que passou por todo o processo de controle de qualidade e pasteurização. Todo esse processo e todo esse apoio às mães são conduzidos nos bancos de leite humano da Secretaria Municipal de Saúde. O leite doado ajuda a salvar a vida desses bebês.”

Mães que precisam de ajuda para amamentar também podem procurar sua unidade de saúde de referência. Além das maternidades, os serviços de Atenção Primária funcionam como postos de recebimento de leite humano, e oferecem as devidas instruções sobre o serviço e sobre os cuidados necessários por parte das doadoras.

“A maioria dos bancos de leite possui coleta domiciliar. A doadora entra em contato pelo telefone fixo ou pelo WhatsApp da unidade e receberá todas as informações sobre o cadastro que precisa preencher e as condições necessárias. Outra forma de ajudar é doando potes de vidro com tampa plástica (como os de café solúvel ou palmito), para acondicionar o leite”, conclui a nutricionista.
Lorrany Costa

A bacharel em direito Lorrany Costa procurou ajuda no banco da Leila Diniz por causa de dificuldades ao amamentar:

“Foi uma experiência incrível. Compartilhei nas redes sociais e as minhas amigas queriam entrar em contato. Hoje em dia, sou uma vívida doadora.”
Bruna Oliveira

Bruna Oliveira, nutricionista e mãe de primeira viagem, tinha muito leite, mas não conseguia fazer o filho mamar no seio como deveria.

“As funcionárias do banco de leite me ajudaram na ordenha e na pega, pois não sabia como fazer. Cheguei com mil problemas e saí daqui com o neném de barriguinha cheia, o seio aliviado e mais tranquila do caminho ideal a seguir”, conta ela, que também virou doadora de leite.

Mães que desejem doar leite podem se informar em sua unidade de Atenção Primária sobre o posto de coleta mais próximo.

Crédito das fotos: Edu Kapps/SMS-Rio

 

Torne-se um doar por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page