top of page
  • Foto do escritorLC Afonso

"Rato no Rio" agitou a noite desse domingo (24) com evento de muito rock e diversão, em Bangu

O "Cara de Porco" encerrou a noite e é uma das poucas bandas que conseguem atrair tantos diferentes fãs do estilo

O "Rato no Rio", tradicional evento de rock da Zona Oeste, voltou com suas atividades, desta vez, no Chico`s Bar, casa de eventos de muitos artistas covers locais e que aos poucos vem abrindo espaço para bandas autorais. Pra quem ainda não sabe, o que deve ser pouco provável, o "Rato no Rio" manteve acesa a chama da cena roqueira da região por muitos anos. Idealizado pelo Marcelo, vocalista do "Cara de Porco", o evento tinha sido realizado antes em 2019 em seu revival, onde o cast contou com a tradicional banda "Gangrena Gasosa Raiz". Mas desta vez o evento veio diferente, com um cast menor, e unindo bandas autorais e covers. Além da já consagrada e tradicional "Cara de Porco", o "Pavio", boa banda de hardcore do Rio, e a "Quadrilha Neolatina", e a "Tribe", banda que faz covers de Sepultura, Soulfly e Cavallera Conspiracy, ou seja, bandas que fizeram e fazem parte da carreira de Max Cavallera.

A primeira noite, como já mencionado o "Gangrena", foi do "Quadrilha Neolatina", que conta com Tony, um dos primeiros vocalistas da banda, em sua formação. O "Quadrilha" abriu a noite fazendo um excelente show, com uma mistura de hardcore com festa junina, forró e Ska, numa mistura que agradou em cheio quem já estava no evento. A seguir veio o "Tribe", que tocou vários clássicos do Sepultura, algumas do Cavallera Conspiracy e Soufly, e até cover de “Polícia” do Titãs, música que era tocada pelo Sepultura. O público curtiu e agitou feito um louco durante a execução das músicas.

A terceira banda da noite foi o "Pavio", banda de hardcore carioca, que se percebe muita influência do "Dead Fish". Com letras de protestos, a banda agradou aqueles que estavam lá e que se identificam muito pelo que é passado pela banda. O show foi curto até, mas foi dado seu recado.


Pra encerrar a noite, o "Cara de Porco", banda que dispensa qualquer outra coisa que não seja música, já que é uma das poucas bandas aqui da cidade que conseguem atrair tantos diferentes fãs do estilo, e que com suas letras humoradas, críticas e levemente sarcásticas, fazem entender que não precisam de qualquer clichê para se fazerem inseridos em alguma coisa. Seus velhos clássicos estavam lá, assim como novas canções que estarão no seu próximo disco “Música Santa para Demônios”. O "Cara de Porco" já se tornou patrimônio musical do Rio de Janeiro. Jonathan e sua equipe do "Vista Rock", aliado ao "Rato no Rio", estão de parabéns pela realização do evento, provando que tem sim uma cena bem bacana acontecendo na região e com certeza renderá bons frutos no futuro.


Luis Carlos é Jornalista, músico e Produtor

E-mail: bemajik@gmail.com


N.R: Luis Carlos teve espaço franqueado para divulgar eventos da região.

 

Torne-se um doar por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


تعليقات


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page