• Alexandre Madruga

Procon Carioca: Oi, Cedae e Light estão entre empresas que mais geram reclamação

Órgão municipal é responsável pela intermediação dos problemas de consumo entre as fornecedoras e os clientes

O Procon Carioca recebeu 1.449 reclamações no primeiro semestre deste ano. As empresas mais reclamadas são as mesmas que deram dor de cabeça aos consumidores no primeiro semestre de 2019. A Oi aparece em primeiro lugar, este ano, com 101 reclamações, seguida pela Cedae e Light, empatadas em segundo lugar, com 48 reclamações cada. Em terceiro lugar, estão a Claro e a Via Varejo (Casas Bahia e Ponto Frio), também empatadas, e com 45 reclamações cada. Em quarto lugar, está a Tim, com 44 reclamações. Em quinto, o Banco Itaú, com 41; em sexto, a Vivo com 36 e, em sétimo lugar, a NET, com 35 reclamações.


No primeiro semestre de 2019, o primeiro lugar em queixas ficou com a Light, que teve 186 reclamações. Em segundo, ficou a Oi, com 133. Em terceiro, a Cedae, com 82; em quarto, a Via Varejo, com 62; em quinto, a Tim, com 58 reclamações. Em sexto, a Claro, com 54 e, em sétimo, o Bradesco, com 46. Ao todo, o órgão recebeu 1.549 reclamações no primeiro semestre do ano passado.


As reclamações não incluem as registradas no site consumidor.gov.br que o Procon Carioca administra no Estado do Rio de Janeiro.


O presidente do Procon Carioca, Benedito Alves, orienta os consumidores sobre como proceder nas reclamações contra empresas que desrespeitarem seus direitos ou com as quais precisem fazer alguma negociação. “Além da opção de ligar para o 1746, o consumidor pode registrar sua reclamação na aba do atendimento online do site rio.rj.gov.br/proconcarioca. Lá, ele deve preencher o formulário com os seus dados e registrar o problema que teve com a empresa. Os técnicos do Procon Carioca vão fazer a intermediação com o fornecedor. Cerca de 80% dos casos são resolvidos”, disse Benedito Alves.

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil