• Pedro Nascimento

Polícia de Proximidade de Sulacap se reúne com associação de moradores

Em apenas dois meses no bairro, o projeto já foi responsável pela diminuição de 20% no número de roubos

Nessa segunda-feira (18), aconteceu a primeira reunião da Associação de Moradores de Sulacap (AMISUL) com os policiais do Projeto Bairro Seguro - Polícia de Proximidade. A ideia do encontro partiu dos próprios policiais e deve ocorrer mensalmente. O evento marcou a comemoração dos dois meses do projeto Bairro Seguro no bairro. Assistam a reunião completa no final da reportagem.


Esta foi a primeira vez que os policiais do projeto e a associação de moradores se encontraram. Poucos moradores estiveram presentes devido a pandemia. A intenção é que esses encontros se tornem cada vez mais rotineiros, para estreitar os laços de proximidade entre a Polícia Militar e os residentes do bairro. A presidente da Associação de Moradores de Sulacap, Renata Almeida, falou sobre essa união:

É importante termos uma integração perto da perfeição. Quanto mais integrados estivermos com as ações que vocês forem fazer, será o melhor. Pois passaremos as informações e o comportamento do bairro. Como a Associação visa e busca um bairro mais unido para os moradores, a mesma proposta será com o projeto.

O Capitão Gualberto, comandante da 1ª CIA do 14ºBPM, que corresponde ao policiamento dos bairros de Jardim Sulacap, Mallet, Magalhães Bastos, Realengo e uma parte de Padre Miguel, falou sobre o Policiamento de Proximidade:

Estamos resgatando um projeto que já existia, era o GPAE (Grupamento de Policiamento em Áreas Especiais). A intenção agora é ter um policiamento específico e colocar os policiais mais próximos da população, com isso os moradores irão sentir uma maior sensação de segurança. Esse é um projeto que veio para ficar, a Polícia Militar está aqui sempre para ajudar a população.

Na mesma data do encontra, completam-se dois meses desde o início da implementação do projeto Bairro Seguro. Além do aumento da sensação de segurança, a presença efetiva dos policiais fizeram os indicativos de segurança melhorar. Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve uma diminuição de 20% no número de roubos. Os bairros de Realengo e de Bangu serão os próximos bairros que receberão o policiamento de proximidade, veja a matéria completa aqui.


Em resposta à pergunta de um morador sobre o porquê das viaturas ficarem estacionadas por um determinado tempo em um local, o Tenente Paulo Vitor deu a seguinte resposta:

A verdade é que a viatura e o policiamento seguem um planejamento operacional. Ela fica baseada por ser o horário previsto para baseamento, em seguida sairá em patrulhamento. Nada é feito de forma aleatória, tudo é de forma coordenada e estratégica. Tudo isso é importante para o policial conseguir se fazer presente ostensivamente.

Ao final da reunião, Renata Almeida colocou a disposição dos policiais uma sala que fica em anexo ao Galpão Comunitário, para que os policias possam ter uma espécie de base. O local foi cedido em forma de agradecimento e também para que eles possam ter um pouco mais conforto durante os plantões. O ambiente não será usado em um primeiro momento, pois necessita de alguns reparos.

Veja a reunião completa:


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil