top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Obra parada desde agosto do novo sistema de abastecimento da Vila João Lopes, em Realengo

Segundo a Rio+, uma vistoria no local será realizada, mas apenas em outubro

Em 1º abril desse ano, a então Cedae informou das obras para aumentar a oferta de água para os moradores de mais de 900 imóveis da comunidade Vila João Lopes, em Realengo. Apesar do dia da mentira, a ação era verdadeira, mas o canteiro de obras funcionou apenas até julho. Desde que a Rio Mais Saneamento assumiu no lugar da Cedae, em 1º de agosto, as obras não andaram mais. O intuito é a instalação de um novo sistema de abastecimento na localidade e em abril a Cedae informou que as intervenções seriam concluídas em até 60 dias, para garantir o abastecimento contínuo da parte alta da comunidade, que oscila em períodos de grande consumo, como o verão. Prestes a completar seis meses, as obras não tem mais previsão de término. Segundo a Rio+, uma vistoria no local será realizada, mas apenas em outubro.

"A Rio+Saneamento informa que realizará, no próximo mês, uma vistoria na obra iniciada pela Cedae para a construção de um subsistema do Reservatório João Lopes, em Realengo. A concessionária avaliará as condições estruturais da estação elevatória e do reservatório, além da capacidade dos equipamentos para suportar a pressão da água. Após a análise, será possível estimar o prazo para conclusão da obra", informou por nota.

As obras vão incorporar estruturas já existentes, construídas há mais de 10 anos pela prefeitura, que não operavam por não estarem de acordo com os padrões da rede de distribuição e por falta de ligação de energia elétrica. Elas incluem a "casa" da elevatória, onde será instalada nova bomba (foto acima), e reservatório capaz de armazenar 200 mil litros, localizado na parte alta da comunidade, na Rua Vila das Mangueiras.


Hoje, a água alcança trecho da rede de distribuição localizado cerca de 10 metros acima do ponto onde será instalada a elevatória. Quando a nova bomba estiver em operação a água atingirá 55 metros de altura, abastecendo o reservatório (foto abaixo) e garantindo água para os moradores da parte alta, além de maior oferta de água para toda a comunidade.

As instalações elétricas já foram realizadas, e a Cedae já tinha solicitado à Light a ligação de energia. Ainda faltam a instalação da bomba, a limpeza do reservatório e o assentamento de tubulação ligando o sistema à rede de distribuição, seguido de testes operacionais. Também estão previstas novas ligações domiciliares na região.

 

Torne-se um doar por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page