top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Mutirão de plantio de mudas da Mata Atlântica no Parque Estadual da Pedra Branca em Realengo

Inea participou da ação contou com a participação de 23 voluntários e foi realizada na Serra do Barata situada no Núcleo Piraquara da unidade de conservação

No último domingo (02), o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) participou de um mutirão de plantio de mudas na área 08 da Trilha Transcarioca, trecho esse que corta o Parque Estadual da Pedra Branca, no núcleo Piraquara, em Realengo, na zona oeste do Rio. Para a atividade foram mobilizados 23 voluntários, além de guarda-parques do órgão ambiental estadual que realizaram o plantio de cem espécies nativas da Mata Atlântica dentre elas Pau-brasil, Ipês, Guapuruvu, Aroeiras, Paineiras, Ingás e Pau ferro. A atividade de restauração florestal foi realizada em uma área de aproximadamente um hectare da Serra do Barata.

O gestor do Parque Estadual da Pedra Branca, Alexandro Alves Ignacio, disse que a ação também abrangeu o manejo e o controle de espécies de gramíneas exóticas invasoras como o Capim Colonião – Panicum Maximum e Brachiarias – Brachiaria spp. que afetam a flora nativa local.

“Os trabalhos de reflorestamento e manejo de vegetação exóticas são importantes pois trazem de volta a floresta e toda biodiversidade que antes existiam nesses locais. Com isso, trazemos de volta os animais. Isso porque criamos maior oferta de abrigo e alimentos para essas espécies tão importante para o equilíbrio nesse habitat", explicou.

Os mutirões de plantio no núcleo Piraquara em trecho da Trilha Transcarioca são realizados mensalmente, e têm por objetivo a recuperação de áreas degradadas e enriquecimento de áreas já reflorestadas. Contam com apoio do Associação Movimento Trilha Transcarioca, do Mosaico Carioca, associações e centros excursionistas.

Com um percurso de aproximadamente 180 quilômetros de extensão, a Trilha Transcarioca cruza o Rio de Janeiro, saindo da Barra de Guaratiba até o Morro da Urca, aos pés do Pão de Açúcar. A trilha interliga nove unidades de conservação, dentre elas o Parque Estadual da Pedra Branca quem tem mais de 60% de todo seu trajeto principal, localizada na zona oeste do Rio e administrada pelo Inea.

Com 12.500 hectares de área, o Parque Estadual da Pedra Branca abrange partes de 17 bairros da zona oeste da cidade. A sede da unidade de conservação fica no núcleo Pau da Fome, em Jacarepaguá, e as subsedes estão situadas nos núcleos Camorim, também em Jacarepaguá, e Piraquara, em Realengo.

Fonte: INEA

Fotos: Tiago Frazão

 

Torne-se um doador por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Commenti


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page