Buscar
  • Alexandre Madruga

Maior parte das 149 mil ligações do 1746 sobre coronavírus são da Zona Oeste


Os chamados vão desde denúncias de aglomeração de pessoas a informações sobre a distribuição de cestas básicas­­

O serviço de atendimento do 1746, da Prefeitura do Rio, já recebeu mais de 149 mil chamados relativos ao novo coronavírus no período de 5 de março até 22 de junho - uma média diária de 1.360 chamados por dia.  A demanda para verificar aglomerações, o Disk Aglomeração, lidera o ranking, com 97.152 mil ligações. Depois, vem o agendamento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), para regularização de cadastro em programas assistenciais, com 26.860 mil acionamentos.

Confira a lista abaixo: 1 - Verificação de aglomeração de pessoas - 97.152

2 - Agendamento no CRAS e CREAS - 26.860

3 - Verificação de cumprimento de medidas de enfretamento - 14.631

4 - Informações sobre a distrubuição de cestas básicas - 7.641

5 - Informações relacionadas à pandemia do novo coronavírus - 2.927

A Zona Oeste é a região da capital que mais entra em contato com o 1746 sobre o novo coronavírus. Foram registradas, de 5 de março até 22 de junho,  64.988 mil ligações.  A Zona Norte vem em seguida, com 54.449.  A Zona Sul fez 10.509 acionamentos e o Centro, 8.263. Campo Grande, na Zona Oeste, é o bairro com mais ligações para o 1746.  Veja a lista: 

Campo Grande - 10.730

 Bangu - 5.881

 Realengo - 5.562

Santa Cruz -4.657

Barra da Tijuca - 3.576

Taquara - 3.225

Whatsapp e Facebook Messenger para acionar o Disk Aglomeração

As reclamações ao Disk Aglomeração podem ser feitas pelo Whatsapp (21) 3460-1746. Basta cadastrar o número no seu celular e enviar uma mensagem. Após isto, será exibido um menu com as opções disponíveis.

O cidadão também pode registrar seus pedidos de verificação de aglomeração pelo Facebook Messenger (https://www.facebook.com/Central1746) e encontrará o mesmo fluxo do atendimento pelo WhatsApp.

Além de denúncias para o Disk Aglomeração, o Whatsapp e o Facebook Messenger do 1746 também atendem pedidos de remoção gratuita de entulho (obras residenciais) e remoção de bens inservíveis (mobiliário, eletrodomésticos fora de uso ou outros objetos que não servem mais).

No caso das denúncias para o Disk Aglomeração, o serviço automático apresenta um passo a passo, que pede o endereço completo do local da aglomeração e o tipo de evento ou situação onde foi identificada a concentração de pessoas, tudo por meio de um menu de fácil compreensão.

Depois, o cidadão é atendido por um operador do 1746 e recebe um número de protocolo para acompanhar o andamento da sua solicitação. Isso pode ser feito por qualquer um dos canais de atendimento da Central 1746. 

17 visualizações
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil