top of page
  • Foto do escritorPriscila Batista Arcanjo

LITERATURAnews | Venha se aventurar em uma expedição literária pelo Brasil

Após Courtney Novak viralizar na internet com seu projeto de conhecer uma obra literária de cada país e se encantar com "Memórias Póstumas de Brás Cubas", o site G1 lançou o desafio para quatro professores de literatura escolherem qual obra é a mais indicada para representar cada estado do Brasil. Confira o resultado publicado no site G1 e aventure-se nesta expedição literária:


NORTE

Acre

Obra: “O Seringal”

Autor: Miguel Jeronymo Ferrante

O livro descreve o ciclo da borracha e as condições de trabalho dos seringueiros.


Amazonas

Obra: "Relato de um certo Oriente"

Autor: Milton Hatoum

“O romance explora a identidade cultural amazonense e combina as memórias familiares com a rica paisagem da região”, explicam os professores. O livro, inclusive, inspirou a criação do filme com o mesmo nome, produzido pela Globo Filmes e lançado no início de 2024.


Amapá

Obra: "Poemas do Homem do Cais"

Autor: Alcy Araújo

Uma seleção de 40 poemas celebra 100 anos do poeta paraense Alcy Araújo.


Pará

Obra: “Sumidouro”

Autora: Olga Savary

O livro reúne poemas que falam sobre o exercício de ser poeta e os universos de criação do artista. Recebeu o Prêmio de Poesia 1977 pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).


Rondônia

Obra: “Cidade Morta”

Autor: Otávio Afonso

Única obra autoral de Afonso – poeta, jornalista e funcionário público – é essa poesia, vencedora do Prêmio Casa de las Américas em 1980.


Roraima

Obra: “Makunaimãtaani – Presente de Makunaimã”

Autor: Kamuu Dan Wapichana

O livro infantil bilingue (em português e Wapichana) conta a história de indígenas que trocam as sementes de milho nativo, presentes de Makunaimã, por outras trazidas pelo Karaiwenau.


Tocantins

Obra: “Meu Primeiro Picolé”

Autor: José Concesso

A obra é uma coletânea de contos, crônicas e ensaios sobre a vida do autor na pequena cidade de Rio Espera, em Minas Gerais.


NORDESTE

Alagoas

Obra: “Vidas Secas”

Autor: Graciliano Ramos

A obra, uma das mais representativas da literatura brasileira, retrata a vida de uma família de retirantes que peregrina pelo sertão nordestino.


Bahia

Obra: “Capitães da Areia”

Autor: Jorge Amado

Amado escreve sobre meninos abandonados que crescem nas ruas de Salvador e que cometem furtos para sobreviver. É um romance com forte crítica social.


Ceará

Obra: “O Quinze”

Autora: Rachel de Queiroz

O primeiro e mais famoso romance da autora modernista descreve a grande seca de 1915 no Nordeste, por meio das histórias dos personagens Conceição, Vicente e o vaqueiro Chico Bento. Foi a obra que tornou Queiroz uma renomada escritora regionalista.


Maranhão

O primeiro lugar ficou dividido entre:

Obra: “Úrsula”

Autora: Maria Firmina dos Reis

É a primeira obra da literatura afro-brasileira. Com forte crítica à escravidão, Maria Firmina dos Reis escreve sobre a relação ultrarromântica dos jovens Tancredo e Úrsula.


Obra: “O Cortiço”

Autor: Aluísio Azevedo

Com olhar darwinista, Azevedo representa os marginalizados (como malandros, lavadeiras e trabalhadores braçais) e a forma como são orientados por seus instintos e vícios. Todos vivem no maior cortiço do Rio de Janeiro no século XIX.


Paraíba

Obra: “O Auto da Compadecida”

Autor: Ariano Suassuna

A peça teatral, em 3 atos, é um símbolo da cultura popular, com inspiração na literatura de cordel. Ela retrata as aventuras dos amigos João Grilo e Chicó, que tentam sobreviver, com malandragem e esperteza, a um ambiente miserável no sertão nordestino. A história de Suassuna inspirou a criação de um filme homônimo, campeão de bilheteria, estrelado por Selton Mello e Matheus Nachtergaele.


Pernambuco

Houve um empate entre:

Obra: “Morte e Vida Severina”

Autor: João Cabral de Melo Neto

O poema, um clássico da literatura brasileira e do regionalismo, traz uma crítica social a partir da viagem de retirantes nordestinos.


Obra: “Estrela da Vida Inteira”

Autor: Manuel Bandeira

A obra reúne a poesia completa de Bandeira, autor modernista que usa uma linguagem coloquial e irreverente para abordar temas como saudade, infância e solidão, sempre com viés crítico.


Piauí

Obra: “Os Últimos Dias de Paupéria”

Autor: Torquato Neto

Torquato Neto, poeta, jornalista e cineasta piauiense, foi um importante nome do Tropicalismo. A obra é uma coletânea póstuma de poemas e textos jornalísticos escritos por ele.


Rio Grande do Norte

Obra: “Conselhos a minha filha”

Autora: Nísia Floresta

Nísia estimula a autonomia intelectual da própria filha e demonstra preocupação com a autonomia feminina no século XIX.

E, também na primeira posição:

Obra: “Oiteiro: Memórias de uma sinhá-moça”

Autor: Madalena Antunes

Primeira e única obra da autora, escrita quando ela tinha 78 anos, narra a infância da autora em Ceará Mirim na década de 1920.


Sergipe

Obra: “Feijão de cego”

Autor: Vladimir Souza Carvalho

A obra é uma coletânea de 33 contos que retratam a cultura do agreste de Sergipe no século XX.


CENTRO-OESTE

Goiás

Obra: “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias”

Autor: Cora Coralina

O primeiro livro de Cora Coralina, publicado quando ela tinha 75 anos, traz uma reflexão sobre o cotidiano dos becos de Goiás e as inquietações humanas. Foi um sucesso e alçou a autora ao posto de uma das maiores poetas mulheres do século XX.


Mato Grosso

Obra: “Livro sobre nada”

Autor: Manoel de Barros

O livro traz poemas curtos, que subvertem a linguagem usual para mostrar que o eu-lírico adere a “tudo o que não tem importância”. É uma das obras mais conhecidas de Manoel de Barros.


Mato Grosso do Sul

Obras: Jardim Fechado – “Uma antologia poética”

Autora: Raquel Naveira

Enredo: “Jardim Fechado” é dividido em quinze capítulos e conta a história de Raquel Naveira – ela mesma chegou a dizer que sua obra é “a voz das pessoas que vivem em Mato Grosso do Sul”.


SUDESTE

Espírito Santo

Obra: “Crônicas do Espírito Santo”

Autor: Rubem Braga

Em “Crônicas do Espírito Santo”, Braga reúne as crônicas sobre sua terra natal.


Minas Gerais

Obra: “Alguma poesia”

Autor: Carlos Drummond de Andrade

O primeiro livro de Drummond traz poemas famosos do autor, como “Quadrilha” e “No meio do caminho”.

E, empatado, vem Guimarães Rosa:

Obra: “Grande Sertão: Veredas”

Autor: João Guimarães Rosa

Neste romance emblemático na literatura brasileira, com um estilo de linguagem inovador, Rosa apresenta ao leitor o ex-jagunço Riobaldo, com suas lutas, medos e paixões.


Rio de Janeiro

Obra: “Dom Casmurro”

Autor: Machado de Assis

Em primeira pessoa, Bentinho conta sua história de amor pela vizinha Capitu. Com críticas à sociedade brasileira do fim do século XIX, Machado de Assis escreve um grande clássico sobre temas como traição, amor e ciúmes.


São Paulo

Obra: “Macunaíma”

Autor: Mário de Andrade

Considerada a obra-prima de Mário de Andrade, “Macunaíma” conta a história de um “herói sem nenhum caráter” que sai da Amazônia e vai para São Paulo em busca de sua pedra-amuleto. É um retrato da sociedade brasileira.


SUL

Paraná

Obra: “O Vampiro de Curitiba”

Autor: Dalton Trevisan

O livro reúne 15 contos, quase todos ambientados em Curitiba, para relatar, com suspenses e enigmas, o dia a dia degradante dos seres humanos.


Rio Grande do Sul

Obra: “O Tempo e o Vento”

Autor: Érico Veríssimo

A série literária, composta por sete volumes, conta a história do Rio Grande do Sul (desde a formação do estado) por meio das disputas entre as famílias Terra, Cambará e Amaral.


Santa Catarina

Obra: “Broquéis”

Autor: Cruz e Souza

O livro traz 54 poemas do autor simbolista Cruz e Souza. Com jogos de palavras e tom erudito, os textos trazem sempre a presença da cor branca (seja do luar, da neblina ou da neve) como elemento para representar a espiritualidade.

 

Torne-se um doador por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no canal NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Whatsapp - clique AQUI

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page