top of page
  • Foto do escritorPriscila Batista Arcanjo

LITERATURAnews | Urgência de paz é a palavra de ordem


A temática da guerra está presente na literatura desde a Antiguidade. Grandes obras literárias foram realizadas com esta temática, seja do ponto de vista historicista, seja do ponto de vista religioso, seja do ponto de vista crítico-analítico. Isso porque o conflito sangrento entre os seres humanos sempre despertou o interesse dos escritores.


Durante muito tempo, a guerra foi vista como um ato heroico de conquista e celebração. Entretanto, essa visão foi mudando com o passar do tempo. O ápice dessa mudança aconteceu no século 20 com a Primeira e a Segunda Guerra Mundial e a devastação causada por elas. A guerra passou a ser industrial e a ciência colocada a serviço da destruição.


Vários escritores tiveram muito a dizer sobre os terrores da guerra, até mesmo porque muitos deles participaram dela. Desde então, o tema principal da literatura de guerra passou a ser o absurdo deste conflito como reação a insensatez da guerra.


Apesar da importância da literatura, é a mídia que vem desempenhando um papel mais urgente para as aspirações pacifistas. Isso porque a mídia tem alcançado uma enorme influência na atualidade.


Neste momento em que o mundo se mobiliza para pedir paz, existem obras que voltam a ser atuais. Vamos relembrar e refletir sobre um poema de Vinícius de Moraes muito conhecido na interpretação de Ney Matogrosso. Que um dia enfim sejamos capazes de viver em paz e entender que só o amor pode nos curar de todo o mal.


Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page