top of page
  • Foto do escritorLeonardo Gomes (estagiário)

França domina, vence o Brasil e assume a liderança do grupo da Copa do Mundo

Francesas são superiores e impõem a primeira derrota brasileira na copa. Brasil vai precisar vencer a Jamaica para se classificar

Na manhã deste sábado (29), o Brasil enfrentou a França em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo feminina. O duelo diante da França era sem sombra de dúvidas o desafio mais difícil das brasileiras na primeira fase da competição e o jogo comprovou isso.


Desde os primeiros minutos, a França claramente já demonstrava sinais de superioridade, talvez não tanto tecnicamente, mas principalmente fisicamente. As francesas são extremamente mais altas e com mais força física o que dificultou muito a vida das brasileiras. As meninas do Brasil fisicamente são muito inferiores as francesas o que fez com que disputas de bola, seja no chão ou aérea, a França levasse muita vantagem.

Somado a isso, o fato de a seleção brasileira aparentar estar muito nervosa também atrapalhou demais, muitas saídas de bola erradas, fazendo com o que a França criasse chances de gols vindo dos erros brasileiros. O primeiro tempo foi de domínio absoluto francês, o placar de 1x0 ao fim da primeira etapa talvez tenha sido até pouco pelo que foi o primeiro tempo.


Voltando para o segundo tempo, as coisas mudam. O Brasil muda a postura no jogo, melhora na partida e começou a criar mais dificuldades para as francesas. E essa mudança de postura deu resultado de cara, logo no início do segundo tempo, a Debinha empatou o jogo em um gol muito bonito e de muito recurso técnico. A partir daí, o Brasil começou a dominar as ações e só não virou a partida por conta da quantidade erros em tomadas de decisão, a seleção parecia ansiosa e nervosa, o que certamente atrapalhou.

Com o empate do Brasil, a França começou a sair mais, mesmo com as brasileiras melhores na partida, o jogo ficou mais aberto. Já perto do fim do jogo, lá pelos 35 minutos do segundo tempo, a França consegue um escanteio. Lembra quando eu falei, lá no início da altura e da disparidade do time francês? Então, a zagueira Renard de 1,87 de altura, uma das jogadoras mais altas do mundo, subiu completamente sozinha, falha grotesca de marcação das brasileiras e pôs 2x1 para a França no placar.


Como já estava para o final da partida, daí para frente pouca coisa aconteceu, a França segurou a vitória, assumiu a liderança do grupo e fez com que provavelmente o Brasil precise vencer a Jamaica na última rodada, para se classificar as oitavas de final da competição.


O Brasil volta a campo na próxima quarta-feira (02), para enfrentar a Jamaica pela última rodada, provavelmente precisando vencer para se classificar. A França enfrentar a seleção de Panamá, também na quarta-feira. Pela seleção panamenha ser a pior do grupo, a França é muito favorita a ficar com a primeira colocação do grupo.


Imagens: Thais Magalhães/CBF e Getty Imagens

E-mail para contato: leogmoessilva0@gmail.com

 

Torne-se um doador por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page