top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

Espaço Poético com Jorge Seabra

AMOR

Palavra doce, às vezes amarga, palavra amarga às vezes doce.

Palavra que desespera, palavra que conforta, palavra que mata, palavra que da vida.

Palavra que machuca, palavra que sara, palavra amiga, companheira, pacificadora e forte.

O amor é vida e a vida sem amor é uma vida vazia, oca, é uma vida sem propósito é uma vida triste é uma vida morta.

O amor é real, e o amor real eu, você, nós, só, mas só mesmo, vamos encontrar no nosso melhor amigo, um amigo que é capaz de em qualquer ocasião e situação, nos entender e nos amar.

Amigo capaz de morrer por amor a nós.

Nesse mundo tudo passa, mas o verdadeiro amor, nunca, jamais acabará.

Sentir amor também dizer não, sentir amor é corrigir com amor, sentir amor é amar.

Amar é conseguir ver beleza na feiúra e ver feiúra na beleza.

Mais importante que falar de amor, é falar com amor.

Só o amigo verdadeiro tem o amor verdadeiro, e quem tem esse amigo verdadeiro pode sentir e viver todo esse amor descrito nessas linhas e entender o mistério do amor nas entre linhas.O amigo verdadeiro é simplesmente e honradamente….JESUS CRISTO!! (Em 22/11/1991 por Jorge Seabra)

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page