top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

Era uma vez... uma seletiva exclusiva para ônibus na Alberico Diniz, em Jardim Sulacap

Após anos de abandono pelo poder público, a sinalização desapareceu


Antes das 6h da manhã, mesmo com a pista de carros livre, carros de passeio usam a seletiva,

Avenida Japoré e Alberico Diniz são uma continuação da outra, num trecho em Jardim Sulacap. Fundada no final da década de 70, quando recebeu intervenção pública com duplicação de faixas, criação de canteiro, ciclovia campartilhada com uma via auxiliar e até um seletiva exclusiva para ônibus. Mas o tempo de abandono da prefeitura, vem causando grandes transtornos. A via ganhou diversos locais de bandalha, devido ausência total do paralelepípedo central. E até a altura do calçamento entre as vias, reduziu tanto, que passar por cima deles é uma rotina para maus motoristas.


Com a falta de manutenção nas sinalizações, poucos sabem que a ciclovia compartilhava na via auxiliar, a pequena rua beirando as casas ao logo de toda via, tinha tintas amarelas paralelas, delimitando o espaço para ciclistas. A total falta de cuidado simplesmente fez desaparecer totalmente. A famosa "ciclovia" para alguns, que desde a inauguração era uma via de mão dupla, hoje caminhar por ela existe um grande risco de atropelamento, em função da velocidade dos carros. Isso sem contar no aspecto de abandono e com poucas pessoas usando, um prato cheio para assaltos.



Por fim, e não menos importante, a seletiva exclusiva de ônibus hoje é tomada totalmente pelos carros de passeio, que sem nenhuma cerimônia transitam pela via tranquilamente, como se não estivessem comentendo uma infração de trânsito. Mas recorrer numa possível multa é quase garantia de vitória, já que a sinalização de seletiva exclusiva para ônibus desapareceu há anos.


Claro que questionamos a Prefeitura sobre o abandono da Avenida Alberico Diniz e Japoré. Mas, até o momento, apenas a Guarda Municipal respondeu, informando que iriam averiguar.

"A denuncia foi enviada para subdiretoria de trânsito para averiguar a situação".

Enquanto a GM promete averiguar o óbvio há anos (e sabe-se lá porque não atuou até agora), Cet-Rio e o gabinete do Prefeito Eduardo Paes simplesmente preferiram não responder, até a publicação dessa reportagem.


 

Torne-se um doador por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no canal NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Whatsapp - clique AQUI

Comments


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page