top of page
  • Foto do escritorDa Redação

EDITORIAL | Falta de educação e senso de zelo aos usuários de praça em Sulacap


Não tem um ano que a Praça D. Hélder Câmara recebeu importantes reformas e implementação de equipamentos, para que os usuários (ou moradores) tenham um espaço com o jeito e a cara do bucólico bairro Jardim Sulacap. O espaço público muitas vezes tem sido usado para "festinhas" particulares, o que pela Lei Orgânico do Município é proibido sem autorização e pagamento de taxa a Prefeitura. Esse pessoal distorce a ideia de espaço público e pensa que pode usar como quiser "porque é público". São cegos por conveniência e preferem não ler (e nem seguir) a Lei. Mas se não bastasse essa irregularidade, alguns parecem ter o prazer sádico de deixar o espaço imundo, cheio de lixos, como o lixo fosse da praça e não dele, que produziu o produto. Se não tem lixeiras suficientes, faz o seguinte, faz um bolinho e larga num canto. Não! O lixo é seu cara pálida. Leve-o para casa e jogue na sua lixeira, não deixe largado na praça como a responsabilidade não fosse sua.

Para piorar ainda mais, alguns usuários da praça (e moradores, claro) começaram um processo de destruição da Praça D. Hélder Câmara. Enquanto moradores se reunem para organizar um pólo gastronômico, dispor de brinquedos infláveis e outros para os pequenos terem um espaço de lazer, uma boa parte de quem tem benefício na praça, literalmente "tira" do espaço público, destruindo brinquedos, lixeiras, rasgando o gramado sintético, colocando adultos nos brinquedos para crianças. Parece que são contratados por uma demolidora, e passam "o trator" na praça, dia após dia.


Pode piorar mais? Pode. Moradores já testemunharam absurdos, como esse relatado por um que não vamos identificar.

"Tem três adolescentes que moram na redondeza que são verdadeiros destruidores. Um garoto com duas garotas, o garoto é o pior deles. Maldade pura na mente dele, já vi destruindo as coisas varias vezes, quando ele me vê sai até de perto, porque sabe que vou chamar a atenção dele. Esses dias quase peguei pelo braço e fiz me levar em sua casa, mas minha esposa não deixou".

E os relatos que são os próprios moradores que não cuidam da praça são muitos, mas separo depoimento de outro morador, sem identificá-lo:

"Infelizmente estas destruições são feitas pelos proprios moradores da Sulacap, muitos consomem e largam os lixos espalhados pela praça, nem sempre vemos crianças no parquinho, em algumas vezes também vejo adolescentes por ali brincando de qualquer maneira... Falo isso com propriedade, porque caminho na praça diariamente".

A presidente da associação de moradores de Sulacap, Renata Almeida, fez um desabafo nas redes sociais:

"Como podem fazer tanto estrago? O carrinho lindo da Minnie foi destruído por usuários da praça. Estou abismada com o que registrei hoje. Essa é a praça que vocês querem? Não adianta cobrar o poder público se você não faz o mínimo! Não adianta ser vista como muitos como point do momento, ter zumba, ter pólo gastronômico, ser espaço para festas... se muitos tratam ela dessa forma. Viu a lixeira lotada? Leve seu lixo embora, não é difícil".

E nós do Sulacap News vamos nos unir a associação de moradores em defesa da Praça D. Hélder Câmara. Nos empenhamos em ajudar os comerciantes locais a crescerem, prosperarem e oferecer bons serviços dentro da legalidade, mas não vamos nos furtar a DENUNCIAR ao poder público os que realizarem ou apoiarem eventos particulares que prejudicam a praça, deixar o local imundo após eventos particulares. É hora de um basta!

A Lei é igual para todos e vamos fiscalizar a praça a cada evento finalizado e toda documentação com fotos, depoimentos, será encaminhada a Secretaria Muinicipal de Fazenda e Secretaria Especial de Ordem Pública para tomar as providências contra aqueles que querem apenas tirar frutos e ter benefícios financeiros ou particulares.


Se não servem para manter nossa pracinha limpa e em boas condições, não serve para fazer nada nela.


A luta é contra quem desrespeita a comunidade. Sejamos todos pela praça!


Commenti


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page