top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Conjuntos habitacionais de Padre Miguel e Realengo serão reformados pelo programa "Casa da Gente"

As intervenções incluem não apenas pintura externa, mas recuperação e impermeabilização de telhados e limpeza de caixas d´água e cisternas

Na noite da sexta-feira (13), ao som da bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel, foi assinado o início da reforma do Conjunto Dom Jaime Câmara, no Ponto Chic, em Padre Miguel, onde vivem sete mil famílias, que por muitos anos foi considerado o maior da América Latina, que receberá intervenções nos telhados e nas caixas d'água, além de pintura, recuperação na fachada e reparos nas partes elétrica e hidráulica.

Dia seguinte, no sábado (14), ficou definida a obra de reforma do Conjunto Dom pedro I, na Rua Capitão Teixeira, em Realengo. A ordem de início foi assinada secretário de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra), Rogério Brandi, e pelo presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Ângelo Monteiro e pelo governador Cláudio Castro. A ação faz parte do Programa Casa da Gente, que visa recuperar a autoestima dos moradores e resgatar o orgulho de morar nesses espaços.


A determinação é que as empresas responsáveis pela realização das obras priorizem a contratação do máximo de trabalhadores das regiões contempladas pelo programa Casa da Gente, como forma de garantir renda aos moradores do conjunto ou do entorno e, ao mesmo tempo, movimentar a economia local. Para o secretário da Seinfra, Rogério Brandi, a participação de moradores na execução da obra faz com que haja um carinho ainda maior na execução do projeto.

"Sabemos da importância da moradia para as famílias e do carinho com que eles cuidam de seus lares. Então, a presença de moradores na reforma ajuda a ter um olhar ainda mais apurado nos detalhes, o que garante uma obra que vai trazer orgulho a todos nós. O Casa da Gente é um programa que veio para transformar de vez o conceito de habitabilidade", afirmou Brandi.

Um dos pilares do maior programa habitacional do Governo do Estado, a reforma dos conjuntos com mais de dez anos de construção atende a demandas de vários condomínios. Por falta de manutenção ao longo dos anos, os prédios, muitos construídos nas décadas de 60 e 70, apresentam problemas nos telhados, que levam a infiltrações, e na rede elétrica, com necessidade de modernização do sistema.

 

O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Комментарии


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page