• Alexandre Madruga

Como aumentar a imunidade com uma boa nutrição


Por Dr. David Heber, PhD, FACP, FASN - Presidente do Herbalife Nutrition Institute O novo coronavírus 2019, também conhecido como COVID-19, surpreendeu o mundo com sua natureza altamente infecciosa e taxa de mortalidade. Relativamente desconhecido até o surto, o vírus se expandiu para quase todas as partes do mundo.Embora saibamos que o COVID-19 faz parte de uma grande família de vírus que inclui a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV), o mais preocupante é que existem muitas desse vírus que ainda temos que descobrir, como a dinâmica de sua transmissão. E, segundo a Organização Mundial (OMS), possíveis vacinas e tratamentos estão sendo estudados e análises clínicas, realizadas para testá-los. Somente um medicamento que possua todos os estudos necessários e que tenha sido aprovado pode tratar ou curar doenças, inclusive a produzida pelo COVID-19. Mas, na ausência de vacina até o momento, precisamos tomar medidas preventivas, como manter uma higiene adequada, ficar em casa se você não se sentir bem e consultar seu médico. Também é importante manter nosso organismo forte para que nosso sistema imunológico funcione bem. Afinal, nosso sistema imune é uma das maneiras mais eficazes de defesa contra infecções virais. No entanto, aumentar a imunidade do corpo não é tão simples quanto parece. Ainda há muito sobre o sistema imunológico que os pesquisadores estão trabalhando para entender, mas sabemos que há uma conexão tangível entre o sistema imunológico e a nutrição. Como a nutrição afeta o sistema imunológico do corpo A má nutrição é uma das principais causas de um sistema de defesa deficiente. Dados epidemiológicos mostram que a alimentação inadequada diminui a capacidade de resposta do nosso sistema imunológico e aumenta o risco de infecções. Além disso, as necessidades nutricionais são maiores quando o corpo enfrenta um patógeno, em parte porque há uma maior proliferação de células responsáveis ​​por dar essa resposta. Portanto, manter a dieta equilibrada ajuda a obter uma resposta adequada às infecções. Assim, é fundamental termos uma dieta equilibrada com vitaminas, minerais e outros nutrientes em quantidades adequadas e, ao mesmo tempo, mantermos um estilo de vida saudável. Isso requer muito mais do que apenas modificar a ingestão de um ou dois nutrientes - envolve equilibrar toda a nossa dieta. Quatro grupos de nutrientes essenciais para ajudar as pessoas a fortalecerem seu sistema imunológico • Proteínas As proteínas permitem que o corpo produza anticorpos necessários para se defender contra vírus e bactérias invasoras. Para garantir que tenhamos níveis suficientes de proteína em nossa dieta, devemos consumir alimentos proteicos mais saudáveis, como peixes, aves, carnes magras, alimentos à base de soja e laticínios com pouca gordura.

• Vitaminas e fitonutrientes As vitaminas A e C, assim como os fitonutrientes, são peças-chave na saúde do sistema imunológico. A vitamina C é uma das maiores aliadas do sistema imunológico, por isso é essencial manter uma ingestão diária de vitamina C, já que o corpo não a produz ou armazena. A vitamina A ajuda a manter a saúde da pele e da mucosa, tecido que reveste internamente o trato digestivo e o sistema respiratório. Os fitonutrientes encontrados em vegetais e frutas reduzem o estresse oxidativo do corpo, o que pode enfraquecer sua capacidade de combater doenças. Já foi demonstrado que vários fitonutrientes possuem inúmeras propriedades, incluindo a redução do risco de câncer e doenças cardiovasculares e a melhora da saúde do sistema imunológico.

• Probióticos and prebióticos O sistema digestivo desempenha um papel central no apoio à função imune. O trato intestinal é a principal via de contato com o ambiente externo. Embora as pesquisas nesse campo não sejam conclusivas ou universalmente aplicáveis, o fato de ter uma flora intestinal equilibrada está associado a benefícios como controle de peso, melhor digestão, pele mais saudável e, mais importante, melhor função imunológica. Estudos mostram que os probióticos, considerados "bactérias boas", são úteis para manter o sistema digestivo saudável, enquanto os prebióticos são um tipo de fibra que serve como alimento para a flora intestinal.

• Ômega-3 Os ácidos graxos ômega-3 (DHA e EPA) são gorduras saudáveis ​​e essenciais encontradas em alimentos, como peixe, sementes de chia e alguns suplementos. Os ácidos graxos ômega-3 podem melhorar as funções das células imunológicas que desempenham um papel importante na resposta a infecções. Por fim, a nutrição não substitui um medicamento eficaz e não o impedirá de contrair o COVID-19 e outras doenças. No entanto, manter o sistema imunológico forte é algo que todas as pessoas saudáveis ​​podem fazer.

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil