top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

Após 14 anos, começam testes de abastecimento do reservatório na Vila João Lopes, em Realengo

Obra do PAC finalizada em 2009 atenderia quase 4 mil moradores

Em maio desse ano, um reservatório de 200 metros cúbicos permanecia seco, mesmo após as obras terem sido concluídas em 2009. Após um longo jogo de empurra entre Prefeitura e Cedae, após mais de 14 anos, começaram nessa quinta-feira (20) os testes para colocar em funcionamento a famosa "caixa d'água" que fica no topo da comunidade Vila João Lopes, na Nogueira de Sá, em Realengo. A obra foi realizada pela Prefeitura através do Programa Pró-Moradia e custou R$ 6,2 milhões, com recursos da Caixa e do FGTS, além do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal.


A obra também implantou uma ampla rede de água, esgoto e drenagem, pavimentação de ruas, coleta de lixo, iluminação pública, obras de contenção, criação de áreas de lazer e paisagismo, construção de creche e de duas unidades habitacionais, impactando a vida de quase 4 mil moradores e mil famílias.


Em 2019, o Sulacap News contou essa história, através da matéria "Sertão carioca: obra com recursos do PAC e Caixa, tem caixa d´água seca há 10 anos". Em 2022, sob administração da Cedae, em nova reportagem, a então responsável pelo abastecimento de água na região reforçou...

"...não estar ciente da aprovação da obra e não ter recebido a obra de forma adequada pela Prefeitura, que o local precisaria de adequações e que, assim, não poderia realizar a operação de fornecimento de água".

Após nossa reportagem mostrar documento comprovando a aprovação da obra (foto abaixo), na época a então Cedae informou que...

"Vistoriou o local, verificou a necessidade de adequações na elevatória e está executando projeto para realizar as obras. Após a adequação do sistema, serão feitos testes operacionais nas redes já instaladas".

Agora, após 19 anos do reservatório não ter um pingo d´água, e agora sob administração da concessionária Rio Mais Saneamento, os testes trazem esperaças aos milhares de moradores da região, que convivem com problemas no abastecimento rotineiramente.

Pela comunidade, se verifica toda estrutura com bomba e canos, expostos ao ar livre e no caminho das pessoas.

O presidente da associação de moradores, Mauro Soares, 58 anos, comemorou a notícia.

"Para mim, como presidente da um associação, receber essa noticia é uma grande vitória. Vejo tantas familias sofrendo por causa da falta d'água. A comunidade sempre sonhou com esse momento que vai tornar uma nova etapa de vida para muitos. Ser presidente de uma associação é ser como um subprefeito, temos que zelar pelo nosso local, pelo nosso bairro, muitas lutas, muitas dificuldades, mas sabendo que a vitória esta logo ali na sua frente. Vamos nessa força e assim fazer a comunidade da Vila João Lopes sorrir e dar uma qualidade de vida para os moradores que sofrem a cada verão. Obrigada meu Deus por essa conquista".

Pedimos a Rio Mais Saneamento informações de quando terminam os testes e efetivamente o abastecimento e uso do reservatório começaram, mas até a publicação dessa reportagem, não obtivemos retorno.

________________________________________________________________________________ Torne-se um doador por apenas R$ 1 por mês. Nos ajude a manter vivo o jornalismo local. Mais informações de como fazer a doação, clique AQUI.


O Sulacap News também está no Facebook, Instagram e Twitter. Se quiser receber notícias em primeira mão, basta ingressar no grupo NOTÍCIAS DO SULACAP NEWS. Para se cadastrar, basta acessar os link abaixo:


Commenti


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page