• Isaac Grangeiro

Abaixo assinado é criado para rua de Magalhães Bastos voltar a ser de mão dupla

A mudança na via ocorreu em 2016 devido a construção da Transolímpica e os impactos no trânsito da região

Após a prefeitura receber reclamações dos moradores sobre transportes públicos e o comércio local, foi decidido fazer uma mobilização para retornar a mão dupla, na Rua Almeida e Souza, sendo criado um abaixo assinado na última segunda-feira (17). Parte dos moradores relataram que após a mudança da via, o comércio local não mais se mantém, pois agora com a mão única, o trânsito diminuiu. Outra parte dos moradores relataram também que pela via ser mão única, os moradores não tem transporte público para quem mora na rua, vindo da Vila Militar.


Em 2016, ano das Olímpiadas no Rio, a Rua Almeida e Souza que antes era conhecida por diversos acidentes, atropelamentos e intenso trânsito foi transformada em mão única com a promessa de acabar com o trânsito da via e melhorar a situação dos moradores. Segundo a prefeitura, implantação da mão única melhorou as condições de trânsito, diminuiu os acidentes e agora possibilita estacionamento na via.


O abaixo assinado está disponível no comércio local para moradores e comerciantes da região, não sendo decidido quando será entregue a CET-Rio e se haverá mudança ou não do fluxo, pois além de outros estudos também dependerá da contagem do número de veículos, para ver se a possível mudança não irá gerar fila nos sinais.


A Gerência Executiva Local de Magalhães Bastos e Jardim Sulacap vistoriou o local e vem conversando com moradores e comerciantes. Nas redes sociais do Sulacap News, seguidores postaram opiniões sobre a notícia.


Aline Pimenta demonstrou revolta pela situação.

“Algum dia foi mão única de verdade? Porque já parei de frente com carros e motos ali vindo na contramão. Um lado da pista virou estacionamento e o outro é só buraco. Em dia de recolhimento de lixo, ninguém passa. Em frente ao mercado/depósito Gagos ninguém passa também... Quando os caminhões estão reabastecendo você espera a boa vontade deles... Mão dupla ou única, com a educação que há no momento em pedestres, motoristas e motociclistas, nada vai melhorar ali...”

Ana Cláudia, indignada, concorda com a mudança.

“Sim, concordo porquê não adiantou nada, só fizeram a Almeida e Souza de Estacionamento!!!”

Lúcia, discorda, mas cobra atitude da prefeitura.

“Não, mas acho que deveria ter fiscalização e multar e acabar com estacionamento na rua na lateral esquerda”.

Procurada, a CET-Rio enviou a seguinte nota:

“Soubemos de uma mobilização para preparar um abaixo-assinado solicitando o retorno da situação anterior, que no caso de recebermos irá requerer estudos complementares, como contagens de veículos e a elaboração de projeto e provavelmente obras, para readequar seus acessos”.

Segundo uma enquete, realizada nas redes sociais do Sulacap News, 64% concordam com o retorno da mão dupla e 36% discordam. Dos que querem a manutenção da mão única, os argumentos são o trânsito menos confuso e perigoso para os moradores, rua sem engarrafamentos, que antes demorava dezenas de minutos para atravessá-la e os acidentes eram constantes, sendo necessário apenas a ação da prefeitura em intensificar a fiscalização dos estacionamentos irregulares.


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.