Buscar
  • Alexandre Madruga

Taquara tem terceira ação especial de ordenamento da Prefeitura em janeiro


A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) realiza nesta quinta-feira (30), mais uma ação integrada de ordenamento na Taquara, Zona Oeste do Rio. É a terceira ação no bairro somente neste mês. As anteriores resultaram na apreensão de quatro toneladas de mercadorias e resíduos sólidos. Além do comércio, o grupo atua na fiscalização do trânsito, atendimento à população em situação de rua e limpeza urbana.

A ação desta quinta aconteceu na Praça Albert Sabin, mais conhecida como Praça da Merck, com retirada de tendas, lonas, mesas e cadeiras, churrasqueira e até caixa d'água, entre outros materiais que ocupam indevidamente o espaço público. Ligações clandestinas de água e de energia elétrica também estão sendo desfeitas, e estabelecimentos comerciais passam por inspeção sanitária e administrativa.

Com integração da Subsecretaria de Operações (Subop), a força-tarefa é formada por agentes de diversos órgãos municipais e estaduais: Guarda Municipal e coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), Especial de Transporte Complementar (CETC), e de Cuidado e Prevenção às Drogas (CPD), órgãos da própria Seop; coordenadorias de Controle Urbano (CCU), e de Licenciamento e Fiscalização (CLF), ligadas à Secretaria Municipal de Fazenda; subsecretaria de Vigilância Sanitária; secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) e de Infraestrutura, Habilitação e Conservação (SMIHC); Comlurb; Rioluz; Light; Cedae; e Polícia Militar.

Há duas semanas, na madrugada do dia 14 de janeiro, foram apreendidas três toneladas de materiais no bairro, entre mercadorias - como doces, biscoitos e bebidas - e resíduos sólidos, incluindo bancas, carrinho de supermercado, churrasqueira e até quatro freezers. A quantidade encheu dois caminhões e duas picapes. Na ocasião, foram desativados ainda dois pontos clandestinos de energia elétrica no terminal rodoviário local - um deles ligado a um transformador irregular e outro em quiosque -, e retiradas luminárias instaladas sem autorização. Uma semana antes, no dia 6 de janeiro, a força-tarefa já havia recolhido uma tonelada de mercadorias.


0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil