• Alexandre Madruga

Dizerem são apagados para conseguir estacionar irregularmente na Carlos Pontes


Na pista sentido cemitério da Avenida Carlos Pontes, o estacionamento é permitido a partir da placa de autorização da Prefeitura. Mas a placa tinha os dizeres “início”, para informar o local exato que o estacionamento era permitido. Assim, muitos carros paravam antes da placa até a esquina com a pista auxiliar da Avenida Alberico Diniz, em Sulacap. No fim desse lado da via, ainda conta a placa de permitido estacionar com a informação “final” escrita na placa.

Segundo informações com uma fonte da Cet-Rio, a intenção é burlar o local de parada e conseguir recursos contra os carros rebocados antes da placa, uma vez que a palavra “início” foi retirada de maneira clandestina, visando uma “autorização” de parada, que de fato não existe.

Mesmo com a placa sem os dizeres, a Secretaria Especial de Ordem Pública (SEOP) e a Guarda Municipal veem rebocando veículos antes da placa sem os dizeres de “início” de área permitida para estacionamento. O comércio da região reclama constantemente da ausência de locais para estacionamento e que toda a Avenida Carlos Pontes só tem autorização de parada no sentido cemitério. A quantidade de carros que pernoitam no local é grande, prejudicando também quem vai ao posto de saúde. É rotina, inclusive, os carros bloquearem a passagem pelas pontes de pedestres.

A sugestão de alguns comerciantes é a implantação do estacionamento rotativo, mas para conseguir essa ação, somente se o Sindicato dos Guardadores de Veículos solicitasse operação no local.

Então, um aviso aos desavisados. Não parem antes da placa sem a palavra “início” para evitar o reboque dos carros. A Cet-Rio prometeu ir no local e consertar a sinalização.


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil