• Alexandre Madruga

O que é a bioplastia e quais os riscos desse procedimento?


Entenda como funciona a bioplastia e os riscos envolvidos com a técnica, tirando suas principais dúvidas sobre o assunto.

Quando o tema é a estética corporal, o que não faltam são técnicas para melhorar o contorno e devolver a auto estima para as pacientes. Mas antes de se submeter a qualquer tipo de procedimento, é muito importante saber como funciona e quais são os riscos e resultados da técnica. Pensando nessa importância, hoje falaremos sobre um procedimento bastante polêmico: a bioplastia - entendendo o que é e quais são os riscos associados com esse tipo de preenchimento.

Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue a leitura na íntegra!

O que é bioplastia?

A bioplastia é um tipo de procedimento realizado com o preenchimento de PMMA (polimetilmetacrilato), um material capaz de aumentar o volume de algumas regiões através do preenchimento.

Devido ao material utilizado, comumente a bioplastia é sinônimo do termo “preenchimento com PMMA” e geralmente é realizada em pequenas porções corporais, seguindo com indicações de segurança para a saúde.

Em quais casos a bioplastia é recomendada?

O preenchimento com PMMA pode ser feito para quem deseja: • Corrigir imperfeições (inclusive nasais); • Melhorar o contorno da face, deixando mais definido; • Alterar estruturas faciais, como maçãs do rosto, mandíbulas e queixo; • Corrigir perda de gordura na face – que também pode ser feita com enxerto de gordura; • Eliminar o bigode chinês e melhorar complicações estéticas como as olheiras.

O PMMA é seguro? Tudo irá depender da qualidade do material utilizada e de sua extensão corporal.

Alguns tipos de PMMA são inclusive proibidos no Brasil, seguindo recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), por isso, o procedimento não é bem visto por alguns profissionais – que preferem não o fazer.

Quais são os riscos associados com a bioplastia?

O uso de PMMA para preenchimento corporal é bastante polêmico e muitos cirurgiões plásticos sequer gostam de utilizá-lo.

O grande problema está relacionado ao fato de que o material é um tipo de plástico e só pode ser aplicado em pequenas extensões. Além disso, alguns fornecedores acabam trabalhando com má qualidade no mercado e o produto pode ser até prejudicial para a saúde.

Além disso, a bioplastia é um tipo de implante definitivo e não tolera exageros – diferentemente de uso de próteses de silicone, que podem ser trocadas com o passar dos anos, por exemplo.

Dentre os principais riscos, podemos citar: • Endurecimento da região preenchida;

• Aumento das possibilidades de alergias ou infecções – inclusive as generalizadas, que podem levar a óbito;

• Chances de sofrer rejeição pelo organismo ou necrose do tecido, comprometendo estruturas importantes;

• Desenvolvimento de dores, formação de nódulos e outras complicações relacionadas com a inserção do implante definitivo.

Como funciona o procedimento?

Antes de qualquer coisa, é importantíssimo buscar um profissional qualificado para realizar o procedimento.

Assim, ele utilizará critérios de bom senso e segurança para aplicar PMMA em pequenas quantidades, fazendo uso de um material de confiança e qualidade.

O cirurgião plástico faz o uso de microcânulas para aplicar o composto nas áreas a serem preenchidas.

O PMMA é injetado como pequenas esferas e acaba dando origem a um implante definitivo na região escolhida.

Qual é o resultado da bioplastia?

O resultado final da bioplastia depende da região de aplicação e do resultado final que se deseja obter.

Quando aplicado no rosto, o PMMA deixa a pele mais firme e jovem, diminuindo sinais e imperfeições.

A técnica é referência para acabar com o bigode chinês, definir melhor a maçã do rosto e melhorar o contorno de toda a face, deixando o aspecto ainda mais atraente.

Médicos atentam ao uso de PMMA em glúteos e coxas. A polêmica ficou bem evidente quando a famosa Andressa Urach apresentou problemas com a bioplastia e aplicação de hidrogel, por isso, não é recomendada em grandes áreas e para grandes aumentos de volume (preenchimento).

Outros procedimentos estéticos que podem ajudar

A bioplastia talvez não seja uma boa opção estética, principalmente quando se trata de áreas maiores, mas existem uma infinidade de procedimentos estéticos que podem ajudar.

Vamos conferir alguns?

• Prótese de silicone no bumbum – Gluteoplastia

Se você deseja aumentar o volume do bumbum, que tal optar por uma gluteoplastia?

A cirurgia de aumento do bumbum conta com a inserção de próteses de silicone na região.

Por se tratar de uma área bem grande, o silicone é muito mais recomendado do que o PMMA.

Consulte seu cirurgião para conferir mais detalhes sobre o procedimento.

• Preenchimento com ácido hialurônico

Se você deseja melhorar o contorno facial e preencher o rosto e lábios, que tal optar pelo preenchimento com ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é compatível e seguro para o uso em humanos e os riscos são ainda minimizados se você escolher um bom profissional para a aplicação.

A técnica é muito menos invasiva do que a bioplastia e promete resultados incríveis para o rejuvenescimento facial. Que tal dar uma conferida?

• Enxerto de gordura

Para dar um maior volume e preencher regiões, uma opção bem versátil é o enxerto de gordura, que pode ser aplicado em várias partes do corpo, como: rosto, bumbum ou mamas.

A grande vantagem é que o enxerto é feito com células de gordura da própria paciente (previamente processadas), minimizando as rejeições – que podem ser comuns na bioplastia.

Outros aspectos importantes Agora que você conferiu como funciona a bioplastia e verificou que se trata de um procedimento (implante) definitivo, pode pensar melhor a respeito de sua execução. Apesar do cirurgião plástico ser a pessoa mais indicada para opinar sobre os procedimentos indicado em cada caso, é bom que você já esteja bem informada e vá conhecendo as particularidades do preenchimento com PMMA. Antes de se submeter ao procedimento não esqueça de pensar bem sobre os riscos e principalmente sobre o profissional escolhido - sem economizar com a saúde e favorecendo ainda mais o sucesso da sua cirurgia plástica. Gostou do conteúdo de hoje sobre os riscos associados com a bioplastia (preenchimento com PMMA)? Comente logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!


56 visualizações
Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil