• Leandro Borges - Fisioterapeuta

FISIOnews | Fratura do colo do fêmur em idosos: o melhor remédio é a prevenção


O fêmur, localizado entre o quadril e o joelho, é o maior osso do corpo humano. A fratura do colo do fêmur acomete a região proximal, entre a linha intertrocantérica e a cabeça do osso, afetando principalmente, os idosos, ocasionando perda funcional e considerável incidência de mortalidade.

Normalmente esse tipo de fratura é devido a trauma por queda ou quando existe um quadro de osteoporose (diminuição da massa óssea), o osso fica vulnerável à fratura. Muitas vezes o idoso sofre, primeiro, a fratura em pé e, depois, tem a queda. É muito importante que o idoso tenha um acompanhamento de um geriatra para que através de densitometria óssea possa avaliar os riscos de possíveis fraturas.

Quais os cuidados com o idoso dentro da sua casa?

- Retirar todos os obstáculos do chão. Muito cuidado com fios, mesas de centro, e tapetes. Use tapetes somente caso haja necessidade, sempre fixado no chão sem deixar pontas;

- Iluminação sempre em torno do idoso;

- Mantenha as coisas ao alcance dele para que não precise se levantar durante a noite;

- Evite usar calçados com cadarços e chinelos;

- Não deixe ele andar com meias a não ser que seja antiderrapante ;

- Dê preferência as poltronas que são mais firmes e seguras do que as cadeiras;

- Procure deixar o ambiente no banheiro seguro para higiene do idoso, colocando barras laterais e um acento elevado no vaso sanitário. Dentro do box coloque tapetes antiderrapantes, e quando necessário usar a cadeira higiênica;

- Não use produtos que deixem o piso escorregadio;

- Fique atento com a presença de escadas no ambiente, coloque corrimão, utilize fitas antiderrapantes nos degraus;

- Coloque um interruptor no quarto que esteja próximo do idoso, mesmo que seja um abajur, assim evita que ele se levante de madrugada e acabe caindo.

O tratamento imediato é a redução da fratura e a fixação, algumas vezes é indicado a artroplastia de quadril (colocação de prótese), estabilizando o mais rápido possível o local, agilizando o retorno da atividades diárias e evitando possíveis complicações, são elas: trombose venosa profunda, problemas respiratórios, escaras e atrofia muscular por desuso.

Após a cirurgia o paciente será encorajado assim que puder a andar com o auxílio de muletas ou andador. A descarga de peso será orientada de acordo com o tipo de cirurgia. Um fisioterapeuta domiciliar deverá acompanhar esse paciente até o momento de sua alta. É importante que a reabilitação complete todas as suas fases durante o tratamento para que não aconteça nenhuma intercorrência. O paciente será orientado nesse período a seguir todos os cuidados dentro da sua casa.

Mantenha um acompanhamento com o geriatra, oftalmologista e um fisioterapeuta.

Leandro Borges é Fisioterapeuta e Instrutor de Pilates,

Pós-graduado em Traumato-ortopedia com ênfase em Terapias Manuais.

Contato: 99550-9212 ( whatsapp )

Email: leandrorjfisio@hotmail.com

Blog do Facebook: Fisiot. Leandro Borges


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil