• Luciana Menz

Dia 2 de Abril, Dia Mundial da Conscientização do Autismo


Estima-se nos EUA, que para 59 crianças, 1 é autista. Este número vem crescendo a cada ano.

No Brasil, não há nenhuma pesquisa a respeito, mas podemos considerar que aqui também ocorrem muitos casos desse transtorno. Essa data, estipulada pela Organização das Nações Unidas, serve justamente para otimizar a informação, o diagnóstico precoce e principalmente conscientizar as pessoas em relação às características do autista, que muitas vezes, é julgado como pessoa sem educação.

Precisamos de uma sociedade mais justa e com empatia. Para quem nunca soube ou ouviu falar a respeito, posso dar algumas informações aos primeiros sinais de autismo numa criança pequena, como estes: a criança pode não atender imediatamente quando a chamam pelo nome; pode não fazer contato visual com as pessoas, principalmente as de fora de casa; pode não imitar; não apontar para pedir algo, ao contrário, tenta pegar a mão do adulto para que este faça a ação que ela quer; pode não apresentar interesse por crianças da sua idade; não ter atenção compartilhada, ou seja, o adulto mostra um cachorro na rua e ela não olha o animal; pode ter atraso na linguagem; tem a tendência de se apegar a detalhes dos objetos; a criança não consegue dar a função adequada ao usar os brinquedos; pode apresentar um comportamento inflexível, dentre outras características.

Normalmente, o pediatra não percebe estes sinais sutis, como relatam muitos pais. Se você observou algumas dessas características na sua criança, procure um neuropediatra especializado e terapeutas experientes em autismo, para ajudarem no diagnóstico. Mesmo sem o fechamento do quadro do autismo, a estimulação precoce é fundamental para otimizar o desenvolvimento da criança. Não perca tempo!

Luciana Menz faz Arteterapeuta, Arte Educadora (Em curso: Pedagogia Waldorf e Aromaterapia) Para maiores informações (21) 98895 7312


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil