Buscar
  • Alexandre Madruga

Domingo (16), Criolice recebe Jongo da Serrinha e comemora aniversário de 98 anos de Tia Maria do Jo


O Projeto Criolice que é a maior Roda de Samba de Raiz do Rio de Janeiro, recebe neste domingo(16), a partir das 15h, na Arena Fernando Torres, no Parque de Madureira, o Jongo da Serrinha e faz uma grande festa para comemorar o aniversário de 98 anos de "Tia Maria do Jongo". O evento será a última roda de samba do ano com entrada liberada e a previsão de publico é de 5 mil pessoas no local. Uma festa para toda família aproveitar o fim de semana.

Jongo da Serrinha

O grupo surgiu no morro da Serrinha, em Madureira, no Rio, como maneira de preservar o ritmo que tem suas origens nos países africanos Congo e Angola e que chegou ao Brasil colônia por meio dos escravos que trabalhavam nas lavouras de café. Também conhecido por caxambu, o jongo reúne dançarinos descalços, vestindo as roupas comuns do dia-a-dia. É uma dança de roda e de umbigada.

O jongo é cantado primeiramente pelo solista, com versos livres improvisados, e o refrão é respondido por todos. São frases curtas que retratam o contato com a natureza, o cotidiano de trabalho braçal nas fazendas e a revolta com a opressão sofrida. São cantados no linguajar do homem rural com sotaque de preto-velho e misturam o português com o dialeto africano de origem bantu.

O Grupo Cultural Jongo da Serrinha criou a Escola do Jongo na própria comunidade do Império Serrano, fundada pela Tia Maria do Jongo, líder do Jongo da Serrinha, e seus irmãos, dentro da própria comunidade, em 1947.

A escola oferece aulas de dança, música, capoeira, teatro e artes plásticas para 120 crianças e jovens de 4 a 18 anos. O trabalho de arte-educação será ampliado, e mais 120 crianças de até 3 anos serão atendidas numa creche recém-construída na comunidade.

O local do evento:

A Arena Fernando Torres é toda estruturada, aconchegante, espaçosa, coberta e de fácil acesso para que vem dos quatros cantos da cidade, com farto transporte publico na região. O Projeto Criolice conta com a tradicional Feira Afro, Feira Gastronômica e o famoso parquinho com monitores para a criançada se divertir inteiramente grátis.

Os músicos que integram a roda de samba do Projeto Criolice é de primeira linha: Maryzélia ,Alessandro Cardozo, Arifan Júnior, Daniel Oliveira,Leandro Lelê, Marcelo Amaro, Makley Matos, Beloba, Alex Almeida, Nenem Santos e Carlinhos Tchatchatcha. Essas feras partem para o resgate de Paulinho da Viola, Nei Lopes, Monarco, Candeia, Aniceto, Luiz Carlos da Vila, Cartola, Guilherme de Brito, Nelson Cavaquinho, entre tantos outros. Sem falar no pout-pourri com canções de domínio público e outras tantas pinçadas dos terreiros de umbanda, candomblé e jongo.

O clima do Projeto Criolice ganhou notoriedade nas edições que foram realizadas entre as ruas K e L do Ponto Chic, em Padre Miguel. O evento é organizado por Rose Maciel, Vander Araújo e Dayvison Gomes com a assessoria de imprensa e produção de Enildo do Rosário (Viola).

Arena Fernando Torres fica no Parque de Madureira, Rua Bernardino de Andrade, 200- Madureira. Abertura do Portão: 15h


0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil