• Selma Ferreira

SHIATSUnews | A Medicina Chinesa


Olá amigos leitores! A partir de hoje estaremos juntos semanalmente conversando sobre a medicina tradicional chinesa. Através desta coluna pretendo abordar a história dessas terapias, suas técnicas, procedimentos, resultados, ...etc.

A literatura antiga da medicina oriental e os sistemas médicos orientais eram ricos na tradição oral, o que ocasionou profundas mudanças ao longo dos séculos. Por esse motivo, surgiram várias escolas com interpretações diferentes a respeito dos textos, princípios básicos, teorias e práticas dos sistemas médicos do Oriente.

Nesta primeira coluna farei um breve resumo da história da medicina tradicional chinesa.

Cronologicamente, a medicina oriental teve início em 3200 a.C. com a criação do Livro das Mutações, pelo Imperador Ching Nong; De 2100 a 1066 a.C., houve o aperfeiçoamento das técnicas terapêuticas chinesas e a criação das agulhas de bronze; De 221 a 206 a.C., nas dinastias Qin e Qin Shi surge a pulsologia, anestesia através de ervanária, anamnese e a propagação de teorias da Acupuntura: 12 canais principais, 365 colaterais, 8 vasos ímpares, circulação de QI e Sangue, equilíbrio Yin-Yang e tratamento; De 206 a.C. a 220 d.C., Hua Tuo, pai da anestesia e cirurgia (141-212d. C.) elaborou o tratado de moxabustão e Acupuntura - anestesia através da ervanária e acupuntura; De 581 d.C. a 907 d.C., desenvolveu-se as técnicas de manipulação corporal, estudo e classificação das etiologias das enfermidades; De 907 d.C. a 1368 d.C., nasce a escola de Frio e Sedação, a escola de Dispersão: tratamento do vento perverso; escola de Tonificação da Terra: relacionada com afecções internas de estômago e baço; escola de Nutrição da Essência: afecções causadas por desequilíbrio de Yin-Yang; De 1949 d.C. a 1962 d.C., reconhecimento oficial da Medicina Tradicional e sincretismo das medicinas oriental e ocidental. Esse reconhecimento veio evoluindo até os dias de hoje;

Atualmente a OMS tem o diagnóstico na medicina tradicional chinesa como importante herança deixada pelos antigos médicos chineses por ser estes conhecimentos eficientes na prevenção e tratamento de pacientes. E apesar de ainda hoje não estar totalmente integrada nos serviços de atendimento médicos, o interesse pela MTC vem crescendo a cada ano.

Hoje temos em alguns países do mundo, inclusive no Brasil, faculdades especializadas em medicina tradicional chinesa.

No Brasil em 2005, o Ministério da Saúde estabeleceu que o SUS inserisse a MTC em suas políticas públicas. Na próxima semana estarei de volta falando sobre como está a MTC na atualidade.

Selma Ferreira da Conceição fez cursos de Aurículoterapia (2011), Shiatsuterapia, Massoterapia (2010), Pilates Clássico e Contemporâneo (2015), Pilates nas Escolioses (2018), Tratamento de Hérnia de Disco Lombar com Terapia Manual (2018) e graduanda em Fisioterapia (UCB).

Fontes de Pesquisa

Bastos, Sohaku. Shiatsu Tradicional: Fundamentos, Prática e Clínica de Shiatsuterapia. 2ª Edição. São Paulo. 1982 institutobazzi.com/a-fascinante-historia-da-medicina-tradicional-chinesa/. 2016


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil