© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

  • Leandro Borges - Fisioterapeuta

FISIOnews | Por que é importante alongar os músculos?


Quando falamos em alongamento, estamos falando de exercício para manter ou desenvolver a elasticidade muscular, aumentando o comprimento das fibras musculares, consequentemente a flexibilidade articular.

Durante o alongamento liberamos hormônios, principalmente a serotonina, que é um neurotransmissor que regula o seu humor atuando como antidepressivo, relaxa, alivia dor de cabeça, altera a frequência cardíaca, ajuda a ter um bom sono, regula o apetite, a temperatura do nosso corpo, função intestinal, ajuda a se livrar dos radicais livres que danificam as células do nosso corpo, levando ao envelhecimento.

Se for destacar os benefícios do alongamento, são muitos:

- Diminuição das tensões musculares;

- Previne lesões e deformidades;

- Aumenta a circulação local;

- Alívio das dores;

- Favorece a cicatrização e o alinhamento das lesões;

- Aumenta a mobilidade articular;

- Melhora a postura;

- Ajuda a relaxar;

- Diminui o gasto energético de um músculo durante o movimento;

- Favorece o aquecimento muscular;

- Previne o encurtamento;

- Consciência corporal.

Existem alguns tipos de alongamentos, mas normalmente o que mais vemos ser utilizado é o alongamento estático, no qual a pessoa se alonga sozinha ou faz com ajuda de outra pessoa, mantendo na mesma posição por alguns segundos, alongando até o tolerável, antes mesmo de começar uma atividade, como a musculação, caminhada ou corrida.

Na fisioterapia é uma conduta rotineira entre os profissionais, sendo bastante utilizado o alongamento passivo, ou seja, quando o fisioterapeuta alonga o paciente, visando aumentar o arco de movimento, melhora da circulação do tecido lesionado ou até mesmo para prevenção de deformidades, principalmente em pacientes que passaram por um período de inatividade, acamado por um longo tempo.

Outra forma de alongamento é o dinâmico, muito utilizado no método Pilates, para garantir uma boa flexibilidade, e melhora da postura, no qual utilizamos outros músculos para realizar o movimento e relaxar o músculo alvo do alongamento .

A melhor maneira de se alongar é de forma lenta, gradativa e próxima da amplitude máxima, tomando sempre cuidado de não ultrapassar esse limite, pois se forçarmos além do que a musculatura permite, ou fazermos o alongamento bruscamente, podemos estar prejudicando o nosso corpo, ao ponto de lesionar.

Então, ao buscar um corpo saudável se alongando, procure sempre se orientar para saber qual a maneira mais correta de se fazer. Lembrando sempre que o alongamento precisa ser realizado com concentração e controle, respeitando seus limites, jamais com movimentos bruscos. Um bom tempo para realizar o alongamento é mantendo na posição por 15 segundos, podendo repetir 3 vezes.

Que tal levar uma vida mais saudável?

Podemos começar se alongando!

Leandro Borges é Fisioterapeuta e Instrutor de Pilates, Pós-graduado em Traumato-ortopedia com ênfase em Terapias Manuais.

Contato: 99550-9212 ( whatsapp )

Email: leandrorjfisio@hotmail.com

Blog do Facebook: Fisiot. Leandro Borges

#Fisioterapia